Menu
sábado, 23 de janeiro de 2021
Cidade

UFSCar ocupa a 35ª posição em ranking das cem melhores universidades da América Latina

07 Out 2011 - 13h09Por UFSCar

A UFSCar é a 35ª colocada no ranking das melhores universidades da América Latina, de acordo com pesquisa realizada pela Quacquarelli Symonds (QS) e divulgada no dia 4 de outubro. Além disso, a Universidade ficou em 12º lugar entre as instituições de Ensino Superior brasileiras citadas no ranking. Esta é a primeira pesquisa que reúne apenas as universidades latino-americanas elaborada pela QS, uma organização no Reino Unido de abrangência internacional de pesquisa educacional que avalia o desempenho de instituições de ensino Médio, Superior e pós-graduação.

Das cem primeiras universidades do ranking, 31 são do Brasil. Em seguida estão Argentina (19), México (15), Chile (14), Colômbia (8), Venezuela (4), Peru (3), Costa Rica, Cuba, Porto Rico, Equador e Uruguai (1).

Uma nova metodologia foi desenvolvida após uma extensa consulta com as universidades da região e com o Conselho Acadêmico Consultivo Internacional da QS. O ranking utiliza sete indicadores distintos: reputação acadêmica (30%), reputação de empregabilidade (20%), estudantes da faculdade (10%), profissionais com doutorado (10%), artigos publicados (10%), citações por artigo (10%) e impacto na internet (10%). Nesta primeira edição do ranking regional, a QS se baseou em critérios específicos da América Latina, como a proporção de professores com doutorado, a produtividade de pesquisas per capita e a presença na Internet, assim como pesquisas existentes. De acordo com o levantamento, as universidades brasileiras adquiriram oito dos dez primeiros lugares em produtividade de pesquisa e tiveram a maior proporção de acadêmicos com doutorado.

Fundada em 1968, a UFSCar destaca-se pelo alto nível de qualificação de seu corpo docente - 99,85% são doutores ou mestres. A qualidade e a produtividade dos estudos desenvolvidos na Instituição são representadas atualmente por 328 grupos de pesquisa cadastrados no CNPq, em 1.323 linhas de pesquisa em todas as áreas do conhecimento. Para o vice-reitor da Instituição, Pedro Manoel Galetti Junior, a UFSCar é uma universidade relativamente nova, se comparada com as grandes instituições de Ensino Superior brasileiras e tem atingido níveis de qualificação importantes. "O incentivo à qualificação docente na UFSCar estimula a produção científica de qualidade e auxilia o crescimento nacional e internacional da Instituição", aponta Galetti, que reforça também a importância da indissociabilidade entre ensino, pesquisa e extensão como um bom indicador do desempenho da UFSCar.

A Universidade possui três campi instalados nas cidades de São Carlos, Araras e Sorocaba. No total são 43 departamentos divididos em cinco centros nas áreas de Ciências Humanas, Exatas, Biológicas, Agrárias e Sustentabilidade. São 10.585 alunos de graduação, 2.577 alunos de pós-graduação e 976 docentes na UFSCar. "A UFSCar experimenta um crescimento acelerado nos últimos anos e isso tem sido acompanhado por crescimento qualitativo. Estar nesse ranking aumenta a visibilidade da Instituição, principalmente no cenário internacional, reconhece o trabalho desenvolvido e mostra que estamos no caminho certo com a adoção de estratégias que garantem o crescimento qualificado da Universidade", conclui o vice-reitor.

O ranking completo divulgado pela QS já está disponível para consulta.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias