Menu
sábado, 23 de janeiro de 2021
Cidade

TUSP promove leitura pública nesta quarta-feira

29 Mai 2013 - 09h50
0 - 0 -

Entre os meses de abril e junho, o Teatro da USP (TUSP) realiza o IX Ciclo de Leituras Públicas. O evento, de ação continuada, enfoca dez peças e ocorre gratuitamente em São Paulo, Piracicaba, São Carlos, Bauru e Ribeirão Preto.

O Programa de Leituras Públicas propõe, a cada ciclo, o dizer de peças de autores eminentes do teatro ocidental. As peças são lidas pelos espectadores presentes, por artistas em formação e convidados. Espera-se criar um público que acompanhe os ciclos, indo além da presença eventual e abrindo espaço para uma experiência diferenciada do espectador. No IX ciclo foram escolhidos textos a partir da ideia de uma "realidade incendiária": a situação limite, que obriga a personagem a uma tomada de posição radical. A resposta necessária que surge da repressão: seja ela ideológica, social, racial. A faísca que nasce e gera a chama que incendeia a realidade e a transforma em outra. Em algumas peças, a ideia de incêndio é literal - em outras, se apresenta de maneira simbólica, interiorizada. Explícita ou não, a ebulição dos conflitos está presente ao longo de todo ciclo.

Em São Carlos a orientadora de arte dramática Claudia Alves Fabiano é a responsável pela mediação.

Confira a programação de São Carlos:

29 de maio, às 19h30

O Interrogatório - de Peter Weiss (1965)

Local: Teatro Municipal Dr. Alderico Vieira Perdigão Rua: Sete de setembro, 1735

Sinopse: Em Frankfurt durante vários meses de 1964 e 1965 foi instaurado um processo que julgou os acusados do massacre em Auschwitz. Weiss esteve como observador anônimo e escreve "o interrogatório em 1965, indo contra as críticas e avisos de que deveria esquecer a "vergonha nacional" .O autor pesquisou atas do processo e aproveitou muitas vezes as declarações quase ao pé da letra, explorando dramaticamente os limites do documental.

26 de junho, às 19h30

Agreste - de Newton Moreno (2004)

Local: Teatro Municipal Dr. Alderico Vieira Perdigão Rua: Sete de setembro, 1735

Sinopse: No meio da esterilidade da terra, um casal de lavradores descobrem o amor e fogem. Pressentem que "algo" de perigoso paira sobre seu amor. A esposa vem a compreender o porquê após a morte do marido. Essa mulher machucada pela perda, sem entender a dimensão de seus atos, acaba sendo vítima da intolerância dos que a rodeiam.

Mais informações:
Site: www.usp.br/tusp

 

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias