Menu
domingo, 17 de janeiro de 2021
Tempo indeterminado

Trabalhadores da Fundação Casa podem entrar em greve no dia 9

Em São Carlos há uma unidade e perspectiva é de que os servidores também cruzem os braços.

02 Dez 2020 - 13h55Por Marcos Escrivani
Trabalhadores da Fundação Casa podem entrar em greve no dia 9 -

Em meio a pandemia da Covid-19, os trabalhadores que prestam serviços na Fundação Casa deverão cruzar os braços no sábado, 9 de dezembro. A confirmação do movimento paredista será confirmado em assembleia prevista para este sábado, 5.

No dia 30 de novembro a Gestão Reconstrução e Luta do Sindicato da Socioeducação de São Paulo (SITSESP) notificou no ofício n°239 a deflagração da greve do sistema de São Paulo. O documento foi encaminhado para presidente da entidade, Fernando José da Costa, para o coordenador do Ministério Público do Trabalho da 2ª Região e para o Desembargador Presidente do Tribunal Regional do Trabalho 2ª Região.

MOTIVAÇÕES

No ofício, sindicalistas informaram que desde o início da pandemia da Covid-19, apresentaram uma pauta de reivindicações da categoria em face da data-base no dia 1º de maio e desde então, segundo eles, os trabalhadores da Fundação mantiveram as atividades, mantendo a saúde dos adolescentes e servidores.

No documento, os sindicalistas pontuaram ainda possíveis constrangimento que servidores estariam sendo criminalizados com uso de escâneres corporais, além de serem colocados em perigos com o fim de grupos de apoio, além da redução de servidores no período noturno, entre outros itens.

Diante desses fatos, em assembleia foi avaliado que tais decisões seriam ameaças a integridade física dos servidores, optaram pela greve por tempo indeterminado, até que as autoridades competentes analisem a manutenção das cláusulas sociais dos servidores da Fundação Casa.

NOTA DA FUNDAÇÃO CASA

A Fundação CASA se reúne nesta esta quinta-feira (3), às 14h, com a diretoria do Sitsesp para tratar novamente das reivindicações da categoria. Desde o início de 2020, mesmo em meio à pandemia do coronavírus, a Fundação CASA vem dialogando com o sindicato.

Por conta do Programa Federativo de Enfrentamento ao Coronavírus (COVID-19), estabelecido pela Lei Complementar nº 173/2020, está proibida a concessão de reajuste ou a modificação da remuneração de servidores públicos, assim como a criação de bônus ou benefícios de qualquer natureza relacionados ao custo com o quadro de servidores.

 

 

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias