Menu
sábado, 06 de março de 2021
Cidade

Suzantur vira caso de polícia em Santa Eudóxia

09 Set 2016 - 09h31Por Redação
Foto: Divulgação - Foto: Divulgação -

Atrasos diários e possíveis retiradas de linhas por parte da Suzantur fez com que passageiros que se utilizam do transporte coletivo urbano se revoltassem na manhã desta sexta-feira, 09, em Santa Eudóxia. Foi necessária a presença da Polícia Militar que registrou o fato em boletim de ocorrência. O Ministério Público também está ciente do ocorrido e deve solicitar cópia do boletim de ocorrência. 

A revolta era tanta, que passageiros ameaçaram se utilizar de tijolos e apedrejar um dos coletivos.

De acordo com uma passageira que entrou em contato com o São Carlos Agora o motivo da revolta é o fato dos atrasos diários dos ônibus, principalmente no início da manhã e final da tarde.

"Estamos desesperados. Diariamente estamos chegando atrasados ao trabalho e nosso emprego corre risco. Aqui em Santa Eudóxia, linhas foram cortadas e os horários viraram uma bagunça", denunciou a usuária.

Indignada, ela disse que na manhã desta sexta um representante da empresa chegou a ir em Santa Eudóxia para tentar se explicar.

"Durante a conversa ele deixou claro que temos que aceitar as linhas que eles estão colocando. Querem que a gente 'engula' isso. Por isso paramos o ônibus e não deixamos ele sair do ponto. Como podemos chegar atrasados no serviço e no final da tarde, quando saímos às 18h somos obrigados a chegar em casa às 20h?", indagou a reclamante.

"Sem contar que os ônibus estão "mega" lotados, saem atrasados e as algumas linhas cortadas? Isso não é justo", finalizou. 

OUTRO LADO

Em nota emitida no início da noite desta sexta-feira, 9, a assessoria de imprensa da Suzantur deu sua versão sobre o ocorrido em Santa Eudóxia.

"A Suzantur vem a público esclarecer os fatos que ocorreram no distrito de Santa Eudóxia na manhã desta sexta-feira, 9 de setembro de 2016.

"Um pequeno grupo de passageiros impediu que o ônibus que realiza a linha São Carlos/Santa Eudóxia deixasse o distrito o que causou prejuízo para os passageiros.

"Ainda segundo apurado, as pessoas que iniciaram o protesto não foram reconhecidas pelos demais usuários como moradores do distrito de Santa Eudóxia e após criarem todo o tumulto os indivíduos se retiraram do local em carros particulares. Um boletim de ocorrência foi registrado. E importante ressaltar que nenhuma linha ou horário São Carlos/Santa Eudóxia foram suprimidos.

"A Suzantur ainda esclarece que comunicou as autoridades policiais e judiciais de supostas sabotagem ou boicotes que estão a prejudicar toda a população de São Carlos.

"Nesses 20 dias a Suzantur operou sem arrecadação por não obter da outra empresa o sistema de bilhetagem, além de sofrer com boicotes e sabotagens que visavam denegrir sua imagem e prejudicar os usuários. Apesar de tudo isso, a Suzantur acredita que a cidade ficará muito satisfeita com as novidades que estão sendo implantadas gradativamente.

"Nos próximos dias a Suzantur passará a operar todas as linhas e irá inaugurar sua central de atendimento com o novo sistema de bilhetagem, onde o usuário poderá adquirir créditos pela internet com recarga a bordo.

"A Suzantur pede a compreensão dos cidadãos durante este período de transição e reitera seu compromisso de trabalho por uma melhor mobilidade urbana para São Carlos.

"Neste momento de transição alguns problemas podem ocorrer e a Suzantur está trabalhando para que as situações pontuais sejam resolvidas o mais breve possível.

Suzantur"

Mande seu recado (sempre com uma foto) para o email faleconosco@saocarlosagora.com.br ou pelo whatsapp 16 99633-6030.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias