Menu
domingo, 22 de setembro de 2019
Sala Verde

Serviço Médico de Urgência da Santa Casa inaugura sala para atendimento humanizado

18 Ago 2019 - 15h14Por Redação
Serviço Médico de Urgência da Santa Casa inaugura sala para atendimento humanizado - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

O novo espaço conta com quinze poltronas e sete macas. Além de ter uma suíte de isolamento, para os pacientes com problemas como infecções gastrointestinais, catapora e herpes zoster. E um quarto de expurgo, onde todo o material contaminado, como fraldas e curativos, vai ficar armazenado, pra depois ser descartado.

A nova Sala Verde foi construída para atender os pacientes menos graves. Estrutura bem diferente da que havia até então. Antes, os pacientes que recebiam as cores azul e verde pela classificação de risco, recebiam soro ou outras medicações na veia em poltronas e cadeiras colocadas numa sala improvisada ou em macas dispostas nos corredores.

A nova Sala Verde começa a funcionar esta segunda-feira, 19. “Tudo foi pensado para trazer mais conforto e segurança para o paciente, já que o ambiente em que ele vai ser atendido agora é mais apropriado. E com tudo feito de forma planejada, ganhamos agilidade e o número de atendimentos deve dobrar”, é o que explica o médico Marcelo Lourencini Puga, diretor técnico da Santa Casa de São Carlos.

Hoje, em média, 65% dos pacientes atendidos no Pronto-Socorro do hospital são classificados com as cores verde e azul.

A construção da Sala Verde é o primeiro passo para a reestruturação de todo o Pronto-Socorro da Santa Casa de São Carlos. A previsão é de que, até o fim do ano, o hospital comece as obras para reformar também as alas dos pacientes classificados com a cores amarela e vermelha e, assim, dobrar o número de leitos.

PARA ENTENDER - ATENDIMENTO ORGANIZADO POR CORES

Quem chega ao Pronto-Socorro da Santa Casa passa por uma triagem da equipe de enfermagem e é classificado de acordo com a gravidade da queixa que apresenta. Azul é para aqueles pacientes que depois de avaliados, vão embora (caso de quem tem um resfriado ou vai apenas para renovar a receita médica, por exemplo). Pra essa classificação, o atendimento tem que ser feito em até seis horas. O mesmo tempo vale pra cor verde. A diferença é que, neste último caso, a pessoa precisa passar por exames e ser medicada.

As urgências clínicas (infarto, pneumonia e asma, por exemplo) recebem a cor amarela. O atendimento tem que ser feito em até uma hora.

E as urgências cirúrgicas (atropelamento, cólica renal e pacientes baleados, por exemplo) recebem a cor vermelha. Neste caso, o atendimento é imediato.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias