Menu
domingo, 17 de janeiro de 2021
Cidade

São Carlos terá o Via Rápida Empresa no próximo ano

09 Out 2013 - 18h59
0 - 0 -

O prefeito Paulo Altomani e o secretário municipal de Planejamento e Gestão (SMPG), Júlio Cesar Pereira de Souza, estiveram nesta terça-feira (8), na sede da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, em São Paulo, onde participaram de uma reunião de apresentação do programa Via Rápida Empresa.

O referido programa reduz o tempo médio de registro e legalização da abertura de empresas. Altomani explicou que essa redução de tempo para a conclusão de todos os procedimentos legais na abertura de empresas de baixo risco, será uma realidade em São Carlos, pois o Via Rápida Empresa oferecerá serviços de pesquisa de viabilidade, registro empresarial, inscrições tributárias e licenciamento de atividades. “É uma espécie de Poupatempo do Empreendedor”, comparou o prefeito.

O Via Rápida Empresa já existe em cinco municípios paulistas (Catanduva, Limeira, Mogi das Cruzes, Piracicaba e São Caetano do Sul), porém, a ideia do secretário estadual Rodrigo Garcia e do governador Geraldo Alckmin, é expandi-lo para todas as cidades do Estado, gradualmente. “Este programa vai estimular a atividade empresarial e permitir que, rapidamente, se abra uma empresa, pelo Sistema Integrado de Licenciamento, o SIL”, disse Altomani.

Julio Cesar enfatizou que, depois de instalado na cidade, o prazo médio para concessão do licenciamento integrado, envolvendo a Vigilância Sanitária, a Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo), o Corpo de Bombeiros e a Prefeitura Municipal, será reduzido de quatro meses para três dias, em média, no caso de empresas de baixo risco. “Essas empresas correspondem a cerca de 95% dos casos”, contou.

Outro fator lembrado pelo prefeito Altomani é que, além da redução da espera, a medida vai possibilitar ao empreendedor a economia de gastos com deslocamentos, autenticações de documentos e reconhecimentos de firma, tornando o processo menos burocrático. “Na prática, o empreendedor não precisa mais se deslocar até a sede da Junta Comercial do Estado de São Paulo (Jucesp), na capital, ou aos postos e escritórios regionais”, finalizou.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias