Menu
quarta, 14 de abril de 2021
Cidade

São Carlos deve sofrer profundas reformulações no trânsito

Em entrevista ao SCA, Coca Ferraz afirmou que iniciativas são para desafogar o movimento; principalmente nos horários de pico

12 Dez 2017 - 08h20
Foto: Maycon Maximino - Foto: Maycon Maximino -

Novas opções de trânsito, vias mais seguras, rotatórias, semáforos, novas sinalizações. São Carlos deve passar por uma profunda reformulação nas vias que recebem muito movimento. Principalmente nos horários de pico. Mas isso em 2018.

O secretário de Transporte e Trânsito de São Carlos, Coca Ferraz, em entrevista ao São Carlos Agora informou que técnicos da pasta municipal já realizaram estudos e medidas drásticas devem ser tomadas nos próximos meses com o intuito de proporcionar fluidez para os veículos e segurança para os pedestres.

Um pacote de medidas devem ser tomadas no próximo ano para que ocorra um desafogo em pontos estratégicos da cidade. Tanto no entorno da região central como em bairros que possuem intenso movimento.

AS MUDANÇAS

Durante aproximadamente uma hora, Coca Ferraz elencou as medidas que a Secretaria de Transporte e Trânsito deve tomar em 2018.

A região da Praça Itália é uma das prioridades. Um terreno próximo a um supermercado já foi desapropriado e será aberta uma via que dará acesso à rua Leopoldo Prado.

O pontilhão sob os trilhos férreos deverá ser duplicado e uma ampla reformulação está prevista para a região da Escola Estadual Jesuíno de Arruda. "Será uma nova concepção de trânsito, com sinalização terrestre e semáforos. Terá uma nova rua para auxiliar o trânsito naquela região".

Na rotatória em frente a Universidade Senai haverá profundas alterações, segundo Coca. Uma área onde era a antiga fábrica de móveis Moyster será utilizada. A rotatória será ampliada com intuito de proporcionar mais segurança para motoristas e pedestres.

Na mesma região consta ainda alterações na rua General Osório que deverá ser mão dupla desde a Vila Prado até a rua Visconde de Inhaúma. "Estudos apontam que isso ajudará a desafogar o trânsito e estamos contanto com parcerias de empresas privadas".

No cruzamento das avenidas José Pereira Lopes com a Henrique Gregori também será reformulada para ter uma nova concepção de trânsito, segundo o secretário.

PARQUE DO KARTÓDROMO

No Parque do Kartódromo há previsão de alterações significativas. Uma delas é a construção de uma ponte sobre o córrego Monjolinho, além de reformular o trânsito no local. "Vamos retirar semáforos em frente a um posto de combustíveis e fazer uma rotatória", disse o secretário.

No projeto consta ainda pavimentar uma via paralela ao Monjolinho. "Será da Alameda dos Crisântemos até a rua Indalécio de Campos Pereira. Será aproximadamente 1,2 mil metros de piso asfáltico", esclareceu Coca.

SONHO DE COCA

Coca disse ainda que um dos seus sonhos é abrir a rua 9 de Julho, na antiga Faber-Castell até a Lagoa Serena e fazer com que ela seja mão única (bairro-centro) e fazer com que a rua José Bonifácio tenha sentido contrário.

"É o chamado sistema binário que auxiliaria muito no desafogo do trânsito em uma região onde o fluxo de veículos é intenso", disse.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias