segunda, 15 de agosto de 2022
Cidade

São Carlos assina convênio com estado para a construção de 22 moradias para idosos

O investimento será de R$ 3,5 milhões por meio do Programa Vida Longa

30 Nov 2021 - 17h53Por Prefeitura Municipal de São Carlos
São Carlos assina convênio com estado para a construção de 22 moradias para idosos - Crédito: divulgação/PMSC Crédito: divulgação/PMSC

O presidente da Prohab, Walcinyr Bragatto e a secretária municipal de Cidadania e Assistência Social, Vanessa Barbuto, representando o prefeito Airton Garcia, assinaram nesta terça-feira (30/11), no Palácio dos Bandeirantes, com o secretário estadual da Habitação, Flavio Amary, um convênio para participar do Programa Vida Longa, ação que prevê a construção de empreendimentos especialmente projetados para atender às necessidades habitacionais de idosos que vivem sozinhos, em situação de vulnerabilidade social.

Para São Carlos serão destinados R$ 3.598.018,92 para a construção de conjunto habitacional com 22 moradias com 28 metros quadrados de área privativa cada, distribuídos em cozinha, sala de estar e dormitório conjugados, banheiro e área de serviço. Constam no projeto itens de segurança e acessibilidade, como barras de apoio, pias e louças sanitárias em altura adequada, portas e corredores mais largos, interruptores em quantidade e altura ideais, alarmes de emergência sonoros e luminosos, piso antiderrapante, entre outros. 

“O andamento do projeto contempla atuação da equipe da Prohab e da Secretaria de Cidadania e Assistência Social uma vez que os municípios participantes são responsáveis pela indicação dos beneficiários potenciais, pela doação de terrenos para a construção dos imóveis e pelas gestão e manutenção do empreendimento após a conclusão das obras. O investimento é a fundo perdido e o morador não pagará taxa de ocupação”, explica Walcinyr Bragatto.

Como requisito, os idosos beneficiários não podem ter renda que ultrapasse dois salários mínimos, devem residir há pelo menos dois anos no município, além de terem autonomia para realizar tarefas diárias. “O programa busca agregar o processo de socialização dos moradores. Os residenciais possuirão espaços comuns para convivência e lazer, com salão com refeitório e área para assistir televisão, área de lazer, aparelhos para atividade física, mesa de jogos, bancos de jardim e paisagismo”, revela a secretária Vanessa Barbuto.

Para o prefeito essa é uma grande notícia para São Carlos. “Desta forma poderemos atender os idosos, permitindo que eles tenham um envelhecimento com qualidade de vida e dignidade. Todo mundo quer a sua casa própria, não interessa a idade”, avalia Airton Garcia.
A área indicada pelo município para a construção do conjunto habitacional está localizada no Jardim Paulistano.

Leia Também

Últimas Notícias