Menu
quinta, 16 de setembro de 2021
Cidade

São Carlos apresenta experiência da PPP do lixo em seminário

10 Dez 2010 - 17h49

O coordenador de Meio Ambiente da Prefeitura, Paulo Mancini, participou, nos dias 9 e 10 de dezembro, em Ribeirão Preto, do 1º Seminário Regional de Resíduos Sólidos e Urbanos (Semurb). O evento teve como  objetivo orientar os municípios de pequeno e médio porte para os novos desafios que a Política Nacional de Resíduos Sólidos lançou.

O Seminário teve por finalidade amenizar um déficit de capacitação técnica/tecnológica especializada em limpeza urbana e manejo de resíduos sólidos, nos municípios do interior do Estado de São Paulo (região Nordeste) e do Estado de Minas Gerais (região Sudoeste). “São Carlos tem bons exemplos. Um deles é a Usina de Reciclagem de Resíduos, que consegue transformar 160 toneladas de resíduos da construção civil, diariamente, em produtos como blocos, bloquetes e outros artefatos de cimento”, lembra Mancini. O município chega a produzir mais de 400 toneladas de resíduos por dia.

Bem sucedidas
O Seminário serviu para uma troca de experiências bem sucedidas entre os municípios participantes. Mancini proferiu palestra sobre as Parcerias Público-Privadas (PPPs) e o caso de São Carlos que implantou a parceria para a coleta de lixo. “A PPP do lixo foi considerada uma das primeiras no Estado e elogiada pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo que a elegeu como modelo para a solução do problema do lixo enfrentado nas grandes cidades”, comentou.

Com a PPP, a empresa São Carlos Ambiental Serviços de Limpeza Urbana e Tratamento de Resíduos Ltda. será responsável pela implantação de um novo aterro sanitário em São Carlos e deverá investir aproximadamente R$ 18 milhões no local, com início de operação previsto para o final de 2011. A empresa também deverá oferecer estrutura física para a cooperativa do programa de coleta seletiva do município. “Essa parceria incentiva a empresa a implantar programas de coleta seletiva e reciclagem de lixo, reduzindo o volume encaminhado ao aterro sanitário do município, além do manejo dos resíduos sólidos, que é um grande problema enfrentado pelas cidades. Esperamos que o nosso exemplo seja espelho para outros municípios”, terminou Mancini.

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias