Menu
segunda, 27 de janeiro de 2020
Cidade

Sábado tem ação de Combate à Dengue em São Carlos

12 Dez 2019 - 20h38
Sábado tem ação de Combate à Dengue em São Carlos - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação
A Vigilância Epidemiológica de São Carlos realiza nesta sábado (14/12), das 9h às 13h, uma ação de Combate à Dengue na região central da cidade, Vila Prado e no Terminal Rodoviário. As atividades fazem parte da 5ª Campanha Regional de Combate ao Aedes aegypti, uma realização da EPTV em parcerias com as prefeituras da região central do estado de São Paulo.
 
Na Praça do Mercado Municipal (Praça Maria Aparecida Resitano) será montada uma tenda educativa e durante toda manhã será realizada uma panfletagem no comércio da região central e da Vila Prado. Agentes de Combate a Endemias da Prefeitura também realizarão um trabalho de orientação sobre os sintomas das arboviroses e medidas de controle do mosquito Aedes aegypti no Terminal Rodoviário de São Carlos.
 
De acordo com Denise Scatolini, chefe da Seção de Apoio à Vigilância em Saúde e Informação da Secretaria Municipal de Saúde e que coordena o trabalho de combate a endemias, será realizado uma ação de comunicação social. “O objetivo é a mobilização social para a prevenção. Estamos no período favorável para a proliferação do vetor que transmite arboviroses como Dengue, Chikungunya e Zika, e a conscientização de todos é fundamental”, alerta Denise.
 
As ações semanais de limpeza de possíveis criadouros interferem no desenvolvimento do vetor, já que seu ciclo de vida, do ovo ao mosquito adulto, leva de 7 a 10 dias. Com uma ação semanal, é possível impedir que ovos, larvas e pupas do mosquito cheguem à fase adulta, freando a transmissão dessas doenças.  Entre os principais criadouros do mosquito no ambiente doméstico estão: caixa d’água, ralos, lajes, calhas, pratos de plantas, cacos de vidros em muros, ar-condicionado, pneus, vasos sanitários, vasos de plantas aquáticas, piscinas e fontes, entre outros.
 
São Carlos tem até o momento 8.160 notificações com 1.993 casos positivos de Dengue, sendo 1.842 autóctones e 151 importados. De Chikungunya são 94 notificações, 64 negativos, 30 ainda aguardando resultado. Zika foram 83 notificações, com 75 resultados negativos e 08 ainda aguardando resultado. De Febre Amarela 3 notificações, com 3 resultados negativos.
 
O número de notificações é referente aos pacientes com suspeita da doença atendidos tanto na rede pública, como nos planos de saúde e rede particular
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias