Menu
terça, 22 de setembro de 2020
Repaginação

Recape deve passar por 3.200 quarteirões até o final de 2020

Por onde passa, a população relata a necessidade de recuperação do asfalto de São Carlos, que passou anos sem manutenção.

11 Ago 2020 - 07h30Por Redação São Carlos Agora
Imagem aérea mostra máquina trabalhando em avenida no Jardim Ipanema | Foto: 4Fly Imagens Aéreas | www.4flyonline.com.br - Imagem aérea mostra máquina trabalhando em avenida no Jardim Ipanema | Foto: 4Fly Imagens Aéreas | www.4flyonline.com.br -
 
Airton Garcia: “O serviço de recape não vai parar até o final da minha administração”. (foto: arquivo Pessoal)
 
Maior programa de obras realizado em São Carlos nos últimos anos, a Operação Recape pretende, até o final da gestão Airton Garcia (PSL), investir na recuperação de 3.200 quarteirões.
O São Carlos Agora conferiu algumas vias que receberam a nova capa de asfalto. E segundo os relatos, a sensação era de abandono. Na Vila Nery, a rua Crescenso Coca, foi uma das que recebeu a operação. A via corta a Capitão Luiz Brandão, a principal de acesso à Vila Nery e bairros da zona leste de São Carlos. “Agora tá uma beleza. Essa rua era uma buraqueira só. Não tinha condições de trânsito”, relatou Francisco das Dores Pereira, que não mora por ali, mas passa pelo trecho durante as caminhadas.
 
Essa rua foi contemplada pela segunda etapa do recape, com R$ 30 milhões contraídos em empréstimo junto ao Banco do Brasil. Neste pacote, a previsão é de recuperar 1.500 quarteirões. Na etapa anterior, os investimentos foram de R$ 20 milhões, com recursos obtidos junto à Caixa. Foram recuperados 956 quarteirões na ocasião e outros 745 quarteirões com recursos próprios. O bairro Presidente Collor, na região do Aracy, também recebeu R$ 1,8 milhão para investimentos em recape.
 
Cardinali
 
Bairros como Cardinali e Jardim Brasil padeciam por causa da precariedade do asfalto. A rua Eugênio Franco de Camargo é um exemplo. “A rua tinha muito remendo e buraco. Quando podia, evitava o trânsito por aqui”, comentou Evandro Silvestre. Perto dali, a rua General Osório, no acesso à Casa de Nazaré, o tráfego era impossível. “Agora a rua está decente”, complementou Silvestre.
 
Nesta semana, a Prefeitura inicia a pavimentação de ruas da Zona Leste, a começar pelo Jardim Itamarati. “O serviço de recape não vai parar até o final da minha administração. Além desses R$ 30 milhões temos outros recapes que vamos fazer com recursos próprios ainda esse ano. A nossa intenção é recapear 90% das ruas da cidade até dezembro”, afirmou o prefeito Airton Garcia, por meio da assessoria de imprensa.
 
Ruas do centro como Carlos Botelho, XV de Novembro, Jesuíno de Arruda, Padre Teixeira e Treze de Maio receberam o recape nesta nova etapa. Serão 27 bairros contemplados, segundo estimativas da Secretaria de Obras Públicas.

 

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias