Menu
segunda, 29 de novembro de 2021
Agropecuária

Raça Canchim ganha com aproximação entre Embrapa Sao Carlos e associação de criadores

17 Nov 2018 - 08h24Por Redação
Raça Canchim ganha com aproximação entre Embrapa Sao Carlos e associação de criadores - Crédito: André Novo Crédito: André Novo

A aproximação entre a Embrapa Pecuária Sudeste (São Carlos-SP) e a ABCCAN (Associação Brasileira de Criadores de Canchim) tem sido estratégica para o aprimoramento e disseminação da raça pelo Brasil, por outros países da América do Sul e até para os Emirados Árabes. Novas demandas têm surgido e o centro de pesquisa tem procurado atender às necessidades dos criadores. Na semana de 6 a 10 de novembro, em Piracicaba, foram finalizadas as avaliações da PCAD (Prova Canchim de Avaliação de Desempenho), que são anuais e haviam começado em junho.

A avaliação acima é do chefe de Transferência de Tecnologia da Embrapa Pecuária Sudeste, André Novo, que esteve no encerramento dos trabalhos no sábado, junto com o chefe geral do centro, Rui Machado, e a pesquisadora Cíntia Marcondes, que neste ano passou a presidir o Conselho Deliberativo Técnico (CDT) da associação.

Cíntia e Rui receberam certificados de reconhecimento pelo trabalho que a Unidade da Embrapa vem desenvolvendo em prol da raça. Na terça-feira, Cíntia acompanhou a avaliação no curral, que incluía as provas de pesagem, temperamento, mensuração do perímetro escrotal e a codificação dos animais. Na quarta, ela participou da avaliação visual, dos exames de brucelose e tuberculose e da coleta de sangue para genotipagem.

Na sexta (9), a pesquisadora esteve em uma reunião com a startup @Tech, onde foram alinhadas as classificações da lucratividade que essa empresa realiza com as avaliações técnicas promovidas pela Embrapa e ABCCAN. De acordo com Cíntia, entre 61% e 73% dos animais avaliados na PCAD se enquadravam no mesmo nível de lucratividade, feito de maneira pioneira em raça pura pela equipe da @Tech.

As provas de avaliação de desempenho do Canchim ganham relevância a cada ano, já que esses animais não participam mais de exposições. Tecnologias disponibilizadas pela @Tech, como a plataforma Beef Trader, permitem que os animais confinados sejam monitorados por sensores capazes de identificar quantas vezes beberam água e quanto estão pesando, eliminando pesagens intermediárias. Segundo a pesquisadora, o temperamento dos animais e algumas alterações no índice de classificação final foram discutidos pelo Conselho Técnico e pela equipe do Geneplus-Embrapa.

A raça Canchim é formada por 3/8 de sangue zebu, que tem como características a rusticidade, fertilidade, pelo curto e liso, boa adaptação ao clima, pastagens e parasitas, além de nascer pequeno. Os outros 5/8 são Charolês, que imprimem precocidade, ganho de peso, peso de carcaça acabada, maciez da carne, libido e docilidade.

PREMIAÇÃO

No total, 84 tourinhos foram avaliados pela equipe técnica e por três técnicos credenciados pela associação. Eles foram divididos em dois grupos, com idades diferentes. Para cada grupo, foram selecionados três animais como elite: ouro, prata e bronze. Os seis campeões receberam, no sábado, troféus da ABCCAN. Mas outros animais do grupo Elite também foram apresentados aos visitantes.

Algumas palestras foram realizadas naquele dia. Tiago Albertini, da @Tech, falou sobre a ferramenta desenvolvida, Cíntia abordou algumas inovações adotadas para a PCAD deste ano, o presidente da ABCCAN, Adriano Lopes, e representantes da Coplacana trataram de temas mais institucionais.

O representante da DSM/Tortuga falou sobre a estratégia de dieta adotada na prova. Fabiane Siqueira, da Embrapa Gado de Corte, introduziu o tema da genômica na raça Canchim, abordando também os estudos desenvolvidos pela pesquisadora Luciana Regitano, da Embrapa Pecuária Sudeste.

Para a cerimônia de premiação, foram convidados representantes de centrais de inseminação, como a Genex, CRI e Alta Genetics. “Foi uma oportunidade para esses profissionais conhecerem os animais campeões e negociarem com os proprietários um possível contrato para venda de sêmen”, explicou Cíntia.

AGENDA

Junto a essa programação, Cíntia Marcondes também presidiu a reunião do Conselho Deliberativo Técnico, treinou técnicos da ABCCAN sobre o uso das ferramentas disponibilizadas pelo Geneplus e acompanhou assembleia geral da associação, que aprovou reestruturação de sua gestão, estabelecendo novas Diretorias, contemplando as áreas Administrativa e de Assuntos Estratégicos.

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias