Menu
domingo, 29 de novembro de 2020
Momento solidário

Projeto Madeixas Felizes irá ajudar mulheres portadoras de câncer

Ação social é promovida pela Onvocita e atitude de Luna Yasmin comove familiares, ao doar cabelo para entidade

20 Nov 2020 - 07h01Por Marcos Escrivani
Projeto Madeixas Felizes irá ajudar mulheres portadoras de câncer - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

“Quando sua filha te surpreende com um pedido desses, não tem como se emocionar. A tocante frase foi dita por José Campos, pai da pequena Luna Yasmin que tomou uma decisão que comoveu toda sua família: cortar seu cabelo e doar suas preciosas madeixas para a ONG Oncovita de São Carlos.

A doação da pequena será destinada para profissionais que irão confeccionar perucas que serão oferecidas para mulheres fazem tratamento para combater o câncer.

E muitas outras pessoas, independentemente do sexo e idade poderão seguir o exemplo da pequena Luna Yasmin e neste sábado, 21, das 10h às 16h, e doar suas madeixas durante ação solidária promovida pela Oncovita. O evento será realizado na sede da entidade, na rua Dona Alexandrina, 852, em frente ao ponto de ônibus da praça da Catedral, no centro de São Carlos.

Informações adicionais podem ser obtidas pelo fone 3374-3830 e a organização informa que todos os protocolos de segurança serão seguidos, devido a pandemia da Covid-19.

“O projeto Madeixas Felizes está em sua 5° edição e foi idealizado pela micropgmentadora Carla Antonio para ajudar pacientes oncológicos a melhorar sua autoestima”, disse Walquíria Beijo, presidente da ONG.

Este ano o projeto Madeixas Feliz está em parceria com a Oncovita, que promove a campanha. “Neste projeto cortamos cabelos gratuitamente de pessoas que se sensibilizam com a causa. A ONG encaminha as doações para empresas de confecções de perucas que depois de prontas serão emprestadas para pacientes que perdem seus cabelos. A partir dessa atitude podemos ajudar pessoas melhorar sua auto confiança e sua autoestima. Convidamos a todos para conhecer o projeto e doar um pedacinho de si para outra pessoa se sentir feliz”, disse Walquíria. “O cabelo deve ter no mínimo 15 centímetros”, emendou.

Segundo ela, ainda há vagas para profissionais que queiram participar voluntariamente da ação social.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias