Menu
domingo, 25 de outubro de 2020
Cidade

Projeto ATO recebe menção honrosa no prêmio de Reabilitação Profissional

24 Out 2009 - 14h03Por Redação São Carlos Agora
O projeto ATO (Ação, Trabalho e Oportunidade) foi um dos classificados no prêmio de Reabilitação Profissional 2009, realizado pelo Centro Brasileiro de Segurança e Saúde Industrial – CBSSI, uma empresa de prestação de serviços que atende agências governamentais, entidades de classe, empresas privadas e universidades no campo de segurança e saúde no trabalho, qualidade de vida e promoção da saúde.

O ATO prevê a inclusão de pessoas portadoras de deficiência e reabilitadas no mercado de trabalho formal por meio de um processo de capacitação e acesso a vagas em empresas locais. Ele é realizado através de uma parceria da Prefeitura, através da Fundação Educacional São Carlos (FESC) e da Secretaria Municipal de Trabalho, Emprego e Renda, com a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), a Gerência Regional do Trabalho, o INSS e empresas do município.

O projeto de São Carlos recebeu menção honrosa na categoria parceria público-privado. A empresa Tecumseh, uma das empresas parcerias no município, também recebeu menção honrosa pela categoria Empresas Privadas – Reabilitação às Vítimas de Acidente de Trabalho em uma empresa metalúrgica.

O projeto ATO trabalha de acordo com a Lei de Cotas que estabelece que empresas com 100 ou mais empregados são obrigadas a preencher de 2% a 5% dos seus cargos com pessoas reabilitadas ou pessoas portadoras de deficiência. Os trabalhadores afastados e reabilitados pelo INSS foram incluídos no projeto, já que pelas normas vigentes, a recolocação dessa população no mercado de trabalho se soma ao percentual para a Lei de Cotas.

“Também estamos realizando um cadastro para conhecer a população de pessoas portadoras de deficiência de São Carlos com interesse em melhorar sua condição de vida e trabalho. A nossa intenção é nos basearmos nesse cadastro para criarmos cursos de qualificação e complementação profissional para aumentar as chances de futuras vagas no mercado de trabalho local”, explicou o professor João Camarotto da UFSCar.

Lea Soares, professora do Departamento de Terapia Ocupacional da UFSCar, coordena as atividades de avaliação das pessoas e os cursos de qualificação que são ministrados no prédio do Polo Municipal de Apoio Presencial da Universidade Aberta do Brasil de São Carlos (UAB).

Para a diretora presidente da FESC, Elisete Pedrazzani, o prêmio de Reabilitação Profissional 2009 é uma iniciativa importante. “É fundamental no sentido de mostrar, motivar e valorizar a sociedade, os trabalhadores, as instituições públicas, os empresários, para que se conscientizem da necessidade e importância da Reabilitação Profissional”.

A cerimônia de entrega dos troféus e das menções honrosas acontecerá no dia 4 de novembro, às 18h, no Centro de Convenções Rebouças, em São Paulo, durante o 4º Congresso de Reabilitação Profissional de Acidentados no Trabalho.
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias