Menu
sábado, 27 de fevereiro de 2021
Cidade

Prefeitura irá contratar médicos em caráter de urgência/emergência

20 Jan 2017 - 13h51
foto: Abner Santos/A Folha e Região - foto: Abner Santos/A Folha e Região -

Com o intuito de buscar uma solução para o atendimento médico de urgência e emergência em São Carlos, o secretário de Saúde Carlos Eduardo "Caco" Colenci anunciou que a Prefeitura Municipal irá contratar 45 médicos, aprovados em concursos públicos. A decisão saiu publicada em decreto no Diário Oficial do município na edição desta sexta-feira, 20.

Ao São Carlos Agora Caco Colenci disse que o decreto visa recompor uma irregularidade apontada pelo Tribunal de Contas e substituir os profissionais contratados pela Administração Pública no regime jurídico de RPA (Recibo de Pagamento Autônomo).

"São dois concursos públicos abertos (de 2015 e 2016) e chamamos 45 profissionais, dos quais 25 em caráter de urgência/emergência para atuar nas UPAs e Samu e os demais no Centro Municipal de Especialidades (Ceme). De 10 a 15 dias esperamos recompor a rede municipal de saúde. A perspectiva é que ao todo sejam contratados pelo menos 89 profissionais", disse Caco.

Indagado sobre possíveis negativas de médicos em atender o chamamento do concurso público, o secretário de Saúde disse que não há um plano B. "Acredito que a classe médica de São Carlos não se furtará em assumir seus postos e ajudar a cidade neste momento de transição. Estamos trabalhando com uma intensidade para evitar a morosidade. A saúde pública, da população é prioridade. A meta é fazer com que não falte médicos e nem medicamentos em São Carlos", enfatizou Caco.

RPA

Quanto aos médicos contratados no regime RPA continua o impasse. Os profissionais estão sem receber há quatro meses e Caco Colenci informou que o Departamento Jurídico da Prefeitura Municipal busca medidas dentro da lei para efetuar o pagamento. "Eles trabalharam e tem direito aos seus salários", resumiu.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias