Menu
segunda, 17 de maio de 2021
Cidade

Prefeitura inaugura Banco Comunitário na região do Gonzaga

28 Jun 2012 - 16h00
0 - 0 -

A Prefeitura de São Carlos acaba de inaugurar o Banco Comunitário Nascente, instalado no Cras (Centro de Referência de Assistência Social) do Pacaembu, que atinge a região do Cruzeiro do Sul, Gonzaga e Antenor Garcia. Durante o evento também foi feita a assinatura de um convênio entre o município e a Associação Caminho das Artes.

A inauguração contou com a presença do prefeito Oswaldo Barba, da secretária de Cidadania e Assistência Social, Regina Helena Granja, do administrador regional do bairro, Wagner dos Santos, dos representantes do Numi-Ecosol (Núcleo Multidisciplinar e Integrado de Estudos, Formação e Intervenção em Economia Solidária) da UFSCar, Ana Lúcia Cortegosa e Bruni Videira. Também participaram do evento, o vice-presidente da ONG Caminho das Artes, Ricardo Rodrigues da Silva e do pároco da Igreja Madre Cabrini, José Luiz Ferreira.  

Os Bancos Comunitários de Desenvolvimento são instrumentos de bairros carentes que proporcionam o acesso ao crédito de seus moradores, sem os requisitos e burocracias dos bancos convencionais, como por exemplo, ter o nome limpo.

O prefeito Barba elogiou a iniciativa do banco cuja aprovação de créditos solicitados ocorre com o aval das pessoas da comunidade, que conhecem quem está solicitando o crédito. "Os bancos são administrados com base nos interesses e acordos da comunidade, a partir dos princípios da Economia Solidária. É uma excelente iniciativa para São Carlos, cidade que se desenvolve a cada dia, atenta àqueles que mais necessitam. Isso irá estimular a economia da região, principalmente", destacou.

O banco que recebeu o nome de "Nascente" e cuja moeda social se chama "Vida" é uma iniciativa da Prefeitura, por meio da Secretaria de Cidadania e Assistência Social, e do Núcleo Multidisciplinar e Integrado de Estudos, Formação e Intervenção em Economia Solidária (NuMI-EcoSol, antiga INCOOP/UFSCar), Núcleo de Economia Solidária (NESOL/USP), Rede Educação Cidadã de São Carlos (RECID/São Carlos), Fora do Eixo São Carlos e do Grupo de Estudo e Extensão em Comunicação e Educação Popular da (GECEPop /UFSCar).

Os representantes dos grupos parceiros e que atuaram na fundação do banco agradeceram ao prefeito Barba e a equipe da Secretaria de Cidadania e Assistência Social pelo apoio na inauguração do banco. Afirmaram ainda interesse em estabelecer outras parcerias que permitam implantar bancos comunitários em outras regiões da cidade.

Banco - Para promover o desenvolvimento territorial de seus bairros, os Bancos Comunitários criam uma Moeda Social, chamada de circulante local e complementar ao Real (R$). A Moeda Social tem como objetivo fazer com que o "dinheiro" circule na própria comunidade, aumentando o poder de consumo e comercialização local, aumentando a riqueza que circula na comunidade e gerando trabalho e renda para os moradores.

O Banco Nascente funcionará com dois tipos de crédito, o produtivo e o de consumo. O requisito para pedir empréstimo no banco é ser morador destes bairros há mais de um ano, ser maior de 18 anos e ter o nome referendado por três moradores do bairro para poder ter seu pedido de crédito analisado.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias