Menu
sábado, 19 de junho de 2021
Cidade

Prefeitura consegue na Justiça decisão que suspende bloqueio de recursos

30 Jun 2015 - 20h44
0 - 0 -

A terça-feira marcou uma importante vitória para a Prefeitura de São Carlos na Justiça. Em Brasília a juíza Carla Abrantkoski Rister concedeu uma liminar ao município, adequando os saques para pagamento de dívidas de governos anteriores. Pela decisão o Tesouro Nacional pode sacar no máximo 350 mil mensais da conta da Prefeitura, até então sacava 5,4 milhões de reais mensais.

Na tarde desta terça-feira (30), o vice-prefeito e secretário de Agricultura e Abastecimento, Claudio Di Salvo e o secretário de Governo, Waldomiro Bueno explicaram os efeitos da decisão.

Claudio Di Salvo, comunicou que a partir desta terça-feira (30), os saques de 5 milhões e meio de reais mensais, que chegaram a R$64.905.348,51, terão um valor 15 vezes menor. “Através de um trabalho exaustivo feito pela promotoria da Prefeitura e pela Secretaria de Planejamento e Gestão em Brasília, a juíza federal Carla Abrantkoski Rister concedeu uma liminar ao município, é uma vitória de todos os sãocarlenses”, explicou ele. 

Di Salvo espera que com a decisão as contas do município devem ser regularizadas. “O melhor investimento feito em São Carlos foi o pagamento da dívida realizado por esta gestão e no futuro todos sentirão o quanto isso vai significar para a população. Governos passados endividaram o município e nosso governo que pagou a conta”, afirmou ele. 

O secretário Waldomiro Bueno, contou que em relação aos quase 65 milhões já sacados pelo Tesouro Nacional, está marcada uma audiência no mês de agosto, onde será feita uma tentativa de conciliação para devolução de parte dos valores da dívida já liquidados pelo município. “A juíza deferiu para que seja feito o saque de apenas 350 mil reais mensais e postergou a decisão se vai devolver ou não os quase 60 milhões”, disse. 

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias