Menu
domingo, 27 de setembro de 2020
Cidade

Prefeito inaugura o Centro de Referência em Informação Ambiental

05 Jun 2009 - 20h38Por Redação São Carlos Agora
O prefeito Oswaldo Barba inaugurou, na manhã desta sexta-feira (5), o CRIASC (Centro de Referência em Informação Ambiental de São Carlos). O local será voltado para a difusão, organização e produção de conhecimento em informações ambientais. Seu objetivo é sensibilizar a comunidade para que ela se envolva nas tarefas de proteção e preservação dos recursos naturais e da qualidade ambiental. Durante o evento, o prefeito de São Carlos anunciou medidas a serem adotadas pela administração como a desburocratização no fornecimento de licenças ambientais, um plano para melhorar a arborização urbana e o início da adoção de uso de papel reciclável pelos órgãos da Prefeitura.

O coordenador de Meio Ambiente Paulo Mancini lembrou que a população poderá utilizar o CRIASC para receber informações sobre plantio de árvores e quais são os exemplares mais adequados para cada região. "No CRIASC o são-carlense poderá solicitar o plantio de mudas e as escolas também poderão agendar visitas à Praça Paulino Carlos (Catedral) para a realização de atividades ambientais", comentou. As atividades serão desenvolvidas, além da Coordenadoria de Meio Ambiente, pela Fundação Pró-Memória e Coordenadoria de Cultura.

O presidente da Câmara Municipal, Lineu Navarro, saudou a iniciativa da Prefeitura na criação do Centro ressaltando que "o CRIASC será um ponto de referência para a difusão das questões ambientais". A cerimônia teve também a participação dos alunos dos colégios Adventista e Paulino Carlos. O coral do Adventista executou músicas alusivas à preservação do Meio Ambiente. O Dia Mundial do Meio Ambiente é comemorado no dia 5 de junho.

 

Medidas - Logo após a apresentação, o prefeito assinou determinações de medidas a serem adotadas pela administração. A primeira delas refere-se ao envio de um projeto de lei para a efetivação de um convênio entre município, Cetesb e secretaria estadual de Meio Ambiente. A finalidade é agilizar o licenciamento ambiental que tenha apenas impacto local, que seria realizado pelo próprio município, inclusive a Prefeitura já realizou concurso para a contratação de engenheiros ambientais, civis e florestais para as novas atribuições.

Também será publicado um Decreto Municipal elaborado pelo Comdema (Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente) criando o Plano Municipal de Arborização Urbana. Ele estabelece princípios, objetivos e normas para um sistema de arborização urbana, que garanta uma relação saudável com os cidadãos e com a arquitetura urbana, bem como um melhor desenvolvimento e florescimento das árvores na cidade de São Carlos.

Ainda nesse ano as repartições públicas municipais deverão substituir a utilização do papel virgem (feito diretamente à partir de celulose extraída de madeira), por papel reciclado (feito a partir de papéis usados), contribuindo para preservação de recursos naturais e para sustentabilidade da cadeia social de reciclagem, pois são muitas pessoas que vivem da coleta de papelão e o preço de mercado depende da sua demanda. Em 2009, cerca de 10% do papel utilizado pelo município será reciclado.

"São Carlos já adota inúmeras medidas voltadas ao meio ambiente. Se quisermos projetar o futuro da cidade, temos que adotar ações eficazes de preservação no presente", salientou o prefeito.

Em seguida foi dado início ao projeto "Um Pé de Livro". Exemplares com a temática ambiental foram pendurados em uma árvore da Praça da Catedral para que a população que passa pelo local possa, literalmente, colher informações, além de desenvolver o hábito pela leitura. O projeto deverá ser ampliado para outras praças da cidade. “Um Pé de Livro” é uma homenagem ao professor e cientista que foi diretor do Departamento de Hidráulica e Saneamento da USP de São Carlos, Samuel Murgel Branco.
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias