Menu
segunda, 01 de março de 2021
Cidade

Paralisação afeta usuários do transporte coletivo em São Carlos

14 Jun 2016 - 16h42
Foto: Milton Rogério - Foto: Milton Rogério -

Funcionários da Athenas Paulista iniciaram paralisação na tarde desta terça-feira, 14. 

Por telefone o São Carlos Agora manteve contato com um dos organizadores do movimento que pediu para não ser identificado, temendo represálias.

Ele informou que aproximadamente 40 funcionários já encerraram as atividades e cerca de 20 linhas ligando diversos bairros estão comprometidos. A Athenas Paulista informou que apenas quatro linhas de baixa demanda foram afetadas.

De acordo com o manifestante o motivo do movimento é o fato do salário de cobradores, mecânicos e parte do corpo administrativo não ter sido pago. Outro fato, segundo eles, é a empresa não recolher há quatro anos o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Os motoristas estão com salários em dia, mas solidários ao movimento grevista. Informações dão conta ainda que a Prefeitura Municipal não teria repassado subsídios de R$ 980 mil a empresa. Esse dinheiro segundo o Prefeito Paulo Altomani (PSDB) é o pagamento referente a utilização do transporte público de quem não paga a tarifa como estudantes e aposentados, mas que devido ao problema o repasse será feito e deverá ser encaminhado aos funcionários que ainda não receberam o salário, que segundo a empresa represanta penas 5% do quadro de funcionários.

"Queremos apenas a regularização dos salários e do FGTS. É nosso direito", disse ao SCA.

No final da tarde o prefeito se reuniu com os manifestantes e em acordo ficou decidido que nesta quarta-feira (15) as linhas funcionarão normalmente. Ele disse ainda que pretende fazer uma licitação emergencial para que uma nova empresa passe a trabalhar na cidade até que a licitação definitiva seja realizada. O contrato da Athenas Paulista com o município venceu há dois anos.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias