Menu
domingo, 11 de abril de 2021
Cidade

Moradores sugerem que Parque Linear se transforme em Parque Bicão II

Extensa área verde na Vila Derigge está abandonada; no local, em setembro, foi encontrada ossada humana

14 Dez 2017 - 10h28
Foto: Marcos Escrivani - Foto: Marcos Escrivani -

Uma extensa área verde denominada Parque Linear que vai desde a rua Monteiro Lobato até a rua Totó Leite, na Vila Derigge está abandonada. Inaugurada em 2007, possui passeios públicos, iluminados  para caminhadas, ciclovias e playground.

No início do Parque Linear, há ainda uma mata ciliar, onde está a nascente do córrego Tijuco Preto, com água límpida.

Com o passar dos anos, a área de mata verde, que poderia ser um cartão postal de São Carlos e um refúgio para lazer de moradores, foi abandonada, pelas administrações de Oswaldo Barba (PT), Paulo Altomani (PSDB) e atualmente por Airton Garcia (PSB).

O Parque Linear está há aproximadamente 10 minutos do centro de São Carlos e na manhã desta quinta-feira, 14, o São Carlos Agora foi ao local e pôde constatar a revolta e a indignação de moradores que afirmaram que até adotariam o parque, desde que tivessem respaldo da Administração Pública. Querem, na verdade, fazer com que o Parque Linear pudesse ser o Parque Bicão II e proporcionar à população, atividades físicas regulares e de lazer também.

OS PROBLEMAS

A reportagem conversou com o administrador de empresas João Luís Biazetti, 53 anos e com o pintor de motos Dalton Richard Silva, 40 anos, residentes nas proximidades e que aceitaram pontuar os problemas. Ambos afirmaram em comum: aceitariam, com apoio dos demais moradores, adotar o local e mantê-lo em conservação para que se tornasse um local para famílias usufruírem regularmente.

"Um dia aqui já foi um local aprazível. Em setembro, foi encontrado uma ossada humana", lamentou Biazetti. "Pior. Vieram máquinas para remexer a terra, estouraram as calçadas e não retornaram para o devido reparo. O mato está alto, não há como transitar. O playground encoberto por mato e as pontes em precárias condições de uso. Até mesmo um ponto de ônibus na rua Monteiro Lobato está tomado por sujeira e mato. Nesta mesma via, nem a limpeza é feita na calçada e na ponte por onde passa a água. Qualquer chuva, entope e o local é alagado. Enfim, o descaso é imenso", pontuou.

Biazetti, informou ainda, que chegou a procurar um vereador que é conhecido por recuperar praças em São Carlos. "Mas, a resposta que tive, é que está no final do ano e isso ficaria para 2018. O curioso é que todos nós trabalhamos todos os dias. Pensei que os políticos também trabalhassem", ponderou.

MAIS PROBLEMAS

Biazetti disse que os problemas vão além do mato alto, de lixo jogado pelo Parque Linear e os animais peçonhentos que invadem as residências.

"A questão passa pela segurança pública", opina, ao relatar a ossada humana achada no local. "Aqui é um local ideal para marginais", emendou.

Ele lembrou, que a ossada, foi localizada ,quando solicitou limpeza no loca,l após uma forte chuva que causou vários danos. "Aqui tem iluminação precária. Os poucos postes que existem, ficam 24 horas ligados e há desperdício de energia elétrica. São poucas luminárias e a escuridão é preocupante", alertou.

Ainda, de acordo com o reclamante, muitas crianças que estudam na Escola Estadual Antonio Militão de Lima transitam pelo local pela manhã, a tarde e à noite. "Muitos estudantes passam pelo local e o perigo é imenso. Existem pessoas de má índole que frequentam o local. Volto a dizer: ali é um local onde pessoas de má índole frequentam. Os responsáveis estão esperando encontrar outra ossada humana para tomar uma providência?", indagou.

BICÃO II

O sonho dos moradores residentes próximos ao Parque Linear é fazer com que o local se transforme em um Bicão II. Colocar grades em todo seu entorno, construir quadras de areia, edificar salas para a prática de atividades culturais e recreativas, fazer um estacionamento, plantar grama, melhorar a iluminação.

"Enfim, um local digno, próximo ao centro de São Carlos. Seria um point para toda família. Um playground para as crianças se divertirem", comentou Biazetti. "Caberia aqui ainda quiosques, atividades para a terceira idade....A gente ajudaria a manter e preservar", disse Dalton Silva. "Mas está abandonado, uma vergonha", emendou.

ADOTAR

Biazetti informou a reportagem que chegou a manter contato com o vice-prefeito Giuliano Cardinalli. "Disse à ele que os próprios moradores adotariam o local, desde que a Prefeitura Municipal, lançasse um projeto: Adote uma Praça e, desse respaldo necessário e condições. "Fornecesse material e um funcionário para que diariamente fosse mantido o local decente, pois a área verde é extensa. Nós mesmos faríamos um mutirão para providenciar a limpeza. Mas até agora não obtivemos qualquer tipo de resposta", finalizou Biazetti.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias