Menu
terça, 22 de setembro de 2020
Saúde pública

Moradores fazem abaixo-assinado para construção de ecoponto na região do Castelo Branco

04 Ago 2020 - 06h29Por Marcos Escrivani
Moradores fazem abaixo-assinado para construção de ecoponto na região do Castelo Branco - Crédito: Marcos Escrivani Crédito: Marcos Escrivani

Preocupados com a degradação do meio ambiente, devido a ação de pessoas que descartam irregularmente lixo e entulhos em áreas verdes, moradores residentes na região do Conjunto Residencial Castelo Branco entraram em contato com o São Carlos Agora na tarde desta segunda-feira, 3, para tornar público que elaboraram um abaixo-assinado e que será entregue na Prefeitura Municipal.

No documento, a reivindicação para a construção de um ecoponto na região do Castelo Branco, mais precisamente na antiga 7 do Orçamento Participativo, que vai da Vila Monteiro até a Rodovia Washington Luís e da Rua Antonio Munhoz, no Jardim Maracanã até a rua José Cerri na Vila Santo Antonio.

Os idealizadores do ecoponto pontuaram alguns motivos pelos quais pleiteiam tal melhoria, entre elas o lixo e os resíduos que são jogados naquela região, em terrenos públicos e em área de preservação permanente; às margens dos Córregos que cortam os bairros (Gregório, Sorrigotte e Primeira Água).

“A quantidade de lixo e resíduos, de vários tipos e procedências, é muito grande e "emporcalha" todas as áreas públicas, privadas e de preservação permanente”, disse um morador.

DESCARTE IRREGULAR

Segundo os reclamantes informaram ao São Carlos Agora, a população é a principal responsável pelo descarte irregular de lixo e entulho. Porém, relatam, que a Prefeitura Municipal teria uma ‘dose’ de cumplicidade, uma vez que consideram abandono o fato de não realizar nenhum tipo de fiscalização.

“O Poder Público concentrou os esforços e verbas no recape de ruas e avenidas, mas se esqueceu do resto. Não tomou a iniciativa, por exemplo, de determinar um local para depósito de entulho e não tem funcionários que fiscalizam terrenos e espaços públicos”, afirmaram.

Durante a confecção da reportagem, o SCA ‘clicou’ alguns locais naquela região onde são depositados lixo e entulho de forma irregular.

Um dos locais é a estrada marginal que fica ao lado da Rodovia Washington Luís, no Jardim De Cresci, que está sendo usada como lixão há uns anos. “A Prefeitura Municipal retirou de lá, há uns 9 meses, seis caminhões de lixo e entulhos”, comentou um morador.

Em outro local, no Córrego Gregório, na rua Roberto Martinez Carrera, no Jardim Dona Francisca. “Este é o lado de cima da ponte. Ele foi limpo pela Construtora ADN que constrói um prédio na Avenida Gregório Aversa”, contou o reclamante.

Ainda no Córrego Gregório, na esquina da rua Roberto Martinez com a Madre Marie Blanchet, uma ponte que foi consertada há um ano, está cedendo novamente. “E, há uma árvore enorme, obstruindo o leito do córrego”, finalizou.

Mande seu recado (sempre com uma foto) para o email faleconosco@saocarlosagora.com.br ou pelo WhatsApp 16 99963-6036.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias