Menu
domingo, 26 de setembro de 2021
Cidade

Metalúrgicos começam votação para escolher nova diretoria do sindicato

20 Set 2010 - 12h18Por Redação São Carlos Agora

As eleições para a nova diretoria do sindicato dos metalúrgicos de São Carlos e Ibaté serão realizadas na próxima semana, segunda (20) e terça-feira (21).

O presidenciável pela Chapa 1, da situação, ligada a CGTB, Central Geral dos Trabalhadores do Brasil, é Gelson Fernandes Stella, de 47 anos.

Ele trabalha como metalúrgico a 26 anos e é forneiro na Engemasa há 15 anos, Gelson também foi presidente do Grêmio Esportivo e Recreativo de Ibaté, durante dez anos.

A Chapa 1 é formada por 46 trabalhadores metalúrgicos de 16 empresas do setor.

Também composta por 46 trabalhadores, a Chapa 2, da oposição, ligada a CUT, Central Única dos Trabalhadores, tem como presidenciável Erick Silva, que é trabalhador da Volkswagen há 13 anos.

Nessas eleições poderão participar pessoas que estão associadas ao sindicato no mínimo três anos.

Atualmente o colégio eleitoral é de 4.800 pessoas e a expectativa do sindicato é de que 4.200 pessoas participem da votação.

Estarão disponíveis aos eleitores nas fábricas de São Carlos, 18 urnas sendo que, o horário de votação será das 7h até a meia noite de segunda e terça-feira.

Serão cinco urnas fixas na Tecumseh 2, que tem 856 eleitores, duas na Eletrolux, uma urna na Volkswagen e oito urnas itinerantes.

Rosalino de Jesus de Barros, atual presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de São Carlos, afirmou que vai trabalhar constantemente para que a eleição seja a mais transparente possível e que as urnas serão fiscalizadas o tempo todo, além de toda estrutura de segurança para garantir a tranquilidade de quem estiver votando.

Gelson Fernandes Stella, candidato da Chapa 1, declarou que a base das propostas da chapa é continuar o bom trabalho que foi desenvolvido ao longo dos anos, além de manter e ampliar as clausulas sociais e econômicas.

O candidato da Chapa 2 , Erick Silva, falou que a principal proposta da chapa é organizar o trabalhador no local de trabalho, com democracia e transparência.

A apuração será feita logo após o encerramento das votações, na madrugada de terça para quarta-feira (22).
 
Internews

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias