Menu
terça, 02 de junho de 2020
Em época de pandemia

Mesmo com isolamento social, casos de violência doméstica não aumentaram em São Carlos

07 Abr 2020 - 13h10Por Marcos Escrivani
Delegada Denise Gobbi Szakal, titular da DDM - Crédito: Arquivo PessoalDelegada Denise Gobbi Szakal, titular da DDM - Crédito: Arquivo Pessoal

A pandemia do novo coronavírus fez com que São Carlos entrasse em quarentena por determinação do decreto baixado pelo prefeito municipal Airton Garcia (PSL). Mesmo assim, com o isolamento social, a violência doméstica não aumentou na cidade.

A afirmação partiu da delegada Denise Gobbi Szakal, titular da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) em entrevista. Ela garantiu que agressões contra as mulheres se mantiveram estáveis. “Há um ou outro caso. Mas nada além do normal”, comentou, salientando a todos que o período é “para ficar em casa e procurar obedecer as orientações”.

MEDIDA PROTETIVA

Na oportunidade, quanto às medidas protetivas, quando as vítimas procuram documentos para que se mantenham protegidas pela Justiça, Denise disse que as vítimas devem ir acompanhadas de testemunhas até a DDM e de provas que comprovem possíveis agressões e ameaças.

“Com todo este aparato, encaminhamos o pedido ao juiz que irá analisar. A concessão da medida fica mais fácil de sair”, observou.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias