Menu
sábado, 27 de novembro de 2021
Cidade

Marquinho pede novos velórios e ampliação de cemitérios

Vereador protocolou pedido ao prefeito Barba e quer informações sobre funcionamento dos velórios e cemitérios municipais

31 Out 2011 - 17h43

O vereador Marquinho Amaral (PSDB) protocolou na manhã desta segunda-feira (31), na Câmara Municipal, três requerimentos acerca da situação atual dos velórios e cemitérios municipais de São Carlos.

Marquinho ressaltou que como representante do povo são-carlense, está atendendo uma solicitação da população que muito tem reivindicado uma melhoria nos velórios e maior atenção com os cemitérios da cidade. “A população está descontente com o péssimo estado de conservação em que se encontram nossos velórios e cemitérios municipais, que estão totalmente inadequados à atual realidade da Capital Nacional da Tecnologia”, explicou.

No primeiro pedido apresentado, o vereador solicitou informações sobre o funcionamento atual dos cemitérios e velórios da cidade. “Precisamos fazer um raio-x dos nossos cemitérios e saber quantos velórios estão em funcionamento para que a população possa ter essas informações de forma clara e transparente, afinal, não sabemos nem quem são os atuais chefes e funcionários que prestam serviços nos nossos dois cemitérios”, disparou.

Já no segundo requerimento apresentado, Marquinho pede a atenção do prefeito Oswaldo Barba acerca do lastimável estado de conservação dos velórios, bem como a falta de espaço nos atuais cemitérios municipais. “Medidas urgentes precisam e devem ser tomadas pelo atual prefeito para dar maior conforto e o principal de tudo, tratar com humanidade e dignidade os amigos, parentes e familiares das pessoas que falecem em nossa cidade”.

O vereador ressaltou que recebeu as reivindicações e fez questão de ir pessoalmente ao local para checar a atual situação. “O velório do Cemitério Nossa Senhora do Carmo está parecendo um chiqueiro de porco. Não tinha sequer papel higiênico e sabonete nos sanitários. Os vasos não possuem nem assento. Está uma verdadeira vergonha”.

Marquinho continuou relatando que quem estava no velório se viu obrigado a ir até a um supermercado próximo, para comprar papel e sabonete. “Entra e sai prefeito, e o cemitério permanece essa vergonha, mas as taxas continuam altíssimas”, afirmou.

No terceiro pedido, o vereador solicitou que fosse marcada em caráter urgente, uma audiência com o secretário de Serviços Públicos, Nivaldo Sigoli, para que o mesmo possa esclarecer as dúvidas e procurar atender as solicitações da população. “Sabemos que existem problemas ainda maiores em nossa cidade, porém, só perdendo um ente querido para termos a ideia de como estão sendo tratados aqueles que, infelizmente, tem que ir até ao velório e cemitério da nossa cidade. Espero que o senhor Nivaldo possa nos dar uma luz e ao lado do prefeito resolva esse descaso em nossa cidade”.

ELOGIO – O vereador Marquinho Amaral fez questão de aproveitar o assunto para elogiar o prefeito ibateense, José Luiz Parella (PSDB), por ter anunciado na última sexta-feira (28), através da grande imprensa, a construção de um novo e moderno velório, que será totalmente pago com recursos próprios, e a ampliação do cemitério municipal daquela cidade. “O meu amigo Zé Parrella, entre tantos outros exemplos de respeito com a sua população, mais uma vez dá um belíssimo exemplo de humanidade, com a construção deste novo e moderno velório municipal em sua cidade. Espero que nosso prefeito também dê esse grande presente à nossa população”.

Marquinho compartilhou as palavras do prefeito Zé Parrella, que afirmou que a população que utiliza estes locais, sempre o faz em momentos muito tristes, por isso, o conforto é primordial. “Isso é ser cidade humana”.

O vereador finalizou ressaltando que vai lutar para que o povo seja atendido. “Não vou medir esforços para que a população são-carlense consiga ter mais dignidade quando tiver que visitar nosso velório e cemitérios municipais”, finalizou.

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias