Menu
domingo, 05 de dezembro de 2021
Saúde

Mais de 50% dos convocados não comparecem em mutirão de eletrocardiograma

11 Dez 2018 - 08h35Por Redação
Mais de 50% dos convocados não comparecem em mutirão de eletrocardiograma - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

Aproximadamente 55% dos pacientes agendados para participarem do mutirão de exames de eletrocardiograma não compareceram ao exame no último sábado, 8, no Centro de Especialidades Médicas (CEME). Com a ação, a Secretaria de Saúde esperava atender cerca de 320 pacientes.

“A proposta do mutirão é diminuir a fila de espera de exames de eletrocardiograma. A ideia inicial era fazer mais de 300 exames no ultimo sábado e até o próximo sábado mais 600 exames e assim reduzir a fila de espera de exames e favorecer o cidadão a dar sequência ao seu tratamento. Estamos chamando as pessoas que estão na lista de espera são quase 1900 pessoas”, contou o secretário de Saúde Marcos Palermo.

Dos 320 exames agendados, apenas 144 pacientes compareceram ao Ceme. “No horário das 16h, por exemplo, tínhamos agendado 30 pessoas e apenas 2 compareceram. Nós ligamos para alguns pacientes e as respostas foram as mais variadas. A vaga desperdiçada poderia ser destinada a outro paciente, o que reduziria as filas de espera por exames”, contou Lindiamara Soares, supervisora do Ceme.

No próximo sábado, será realizado mais uma etapa do mutirão de eletrocardiograma. “Nossa equipe estará novamente de plantão para atender cerca de 600 pacientes. Estamos convocando na ordem da lista de espera. Quem não puder comparecer, deve avisar quando receber a ligação dos nossos funcionários, assim, chamamos outros pacientes”, disse Crislaine Mestre, diretora do Departamento de Gestão e Cuidado Ambulatorial.

Quem compareceu ao exame ficou satisfeito. O aposentado Gonçalo Nivaldo Rodrigues estava na fila há dois anos. “Até estranhei quando me ligaram fazia tempo que eu estava esperando. Mas foi bom, agora posso dar andamento ao meu tratamento”, disse. Rosana Faustino estava acompanhando o pai e a mãe, os dois fizeram o exame. “Fazia mais ou menos 2 anos que a gente estava esperando esse exame. Às vezes é difícil agendar alguns exames, o mutirão vai mais rápido” afirmou ela.

A ação foi organizada pelos funcionários do Centro de Especialidades Médicas. No próximo sábado, o atendimento também será das 9h às 17h.

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias