Menu
sábado, 31 de outubro de 2020
Emoção, choro e pleno êxito

Cirurgia para retirada de tumor na cabeça com paciente acordada é realizada com sucesso

Paciente chegou a cantar a música “Vem Pra Minha Vida”, de Henrique e Juliano; Neurocirurgião comemora

19 Mai 2018 - 14h30Por Marcos Escrivani
Vilela, médico responsável pela cirurgia. - Crédito: DivulgaçãoVilela, médico responsável pela cirurgia. - Crédito: Divulgação

Após dois adiamentos, enfim, a paz de espírito após um procedimento cirúrgico de alto risco concluído com êxito. Durante aproximadamente 10 horas, uma jovem com tumor no cérebro foi operada pelo neurocirurgião Danillo Daniel Vilela nesta sexta-feira, 18, na Santa Casa de Misericórdia de São Carlos. Durante toda a operação, a paciente permaneceu acordada.

Antes do procedimento, muita tensão. Afinal, a cirurgia era de alto risco e existia risco de morte. Mas o trabalho foi concluído com pleno êxito e a jovem teve o tumor retirado da cabeça e é considerada curada do mal que a acometia.

Muita emoção, muito choro. A paciente, durante o procedimento ouviu melodias de sua dupla preferida, Henrique e Juliano e chegou a cantar frases da música “Vem Pra Minha Vida”.

“A paciente ficou acordada durante toda a cirurgia. Escolheu até a música que queria cantar enquanto tirávamos o tumor do cérebro”, disse Danillo Vilella. “Conseguimos preservar os movimentos e principalmente a fala dela. Toda equipe ficou muito emocionada na cirurgia e alguns até choraram”, completou.

A paciente tinha um tumor no cérebro e corria o risco de ter hemorragia. Por este motivo a necessidade da cirurgia. A opção por mantê-la acordada, segundo o neurocirurgião, era para preservar sua fala e coordenação motora.

Ao final da cirurgia, mesmo esgotado física e mentalmente, com cordialidade Danillo Vilela conversou com exclusividade com o São Carlos Agora e não se conteve diante de tanto sucesso no procedimento.

“Hoje a paciente está no processo pós-operatório. As próximas 24 horas são fundamentais para sua plena recuperação. Estaremos acompanhando de perto sua evolução”, disse. “A equipe está apreensiva e atenta”, garantiu.

Ele afirmou que a Santa Casa de São Carlos pode se qualificar como uma instituição de primeiro mundo por abrigar uma operação de tamanha envergadura. “Está de parabéns. É um hospital de primeira grandeza e uma façanha da equipe de médicos, anestesistas e enfermeiros. A cirurgia foi um sucesso e o tumor ressecado e retirado da cabeça da paciente e a perspectiva é que ela está praticamente curada”, assegurou. “O sucesso foi tanto que cantou trechos de músicas. Foi pura emoção e houve choro”, revelou.

Sobre o adiamento da cirurgia denominada Awake (em inglês, acordado), ele explicou. “Os materiais vieram de fora. Foi feita uma logística detalhada pela falta de recursos na cidade. Mas o importante é que tudo deu certo. A família da paciente e todos os profissionais terão um final de semana pleno em felicidade e paz de espírito, com a graça e luz de Deus”, finalizou.

Além do neurocirurgião Danillo Vilela, participaram da operação o anestesiologista Bolivar Soares Mendjoud, o também neurocirurgião Juliano Bottura e do neurofisiologista Rodrigo Reiff.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias