Menu
quarta, 21 de abril de 2021
Cidade

Irredutíveis, funcionários da Suzantur podem entrar em greve

Após intervenção da Prefeitura Municipal, eles não abrem mão de receber a rescisão do contrato de trabalho.

23 Jan 2018 - 16h03
Foto: Marcos Escrivani - Foto: Marcos Escrivani -

O caos no transporte público está instalado em São Carlos, principalmente após publicação no Diário Oficial do Município a intervenção na Suzantur nos próximos 90 dias. A empresa iria deixar a cidade na próxima sexta-feira, 26 e vários veículos já estavam sendo levados para a garagem na Capital paulista.

Diante tanta polêmica, os motoristas garantiram ao São Carlos Agora na tarde desta terça-feira, 23, que não descartam greve por tempo indeterminado.

A informação foi do motorista Anderson Ferreira. Segundo ele, após a intervenção da Prefeitura, eles exigem que seja feita a rescisão contratual e que eles recebam os direitos trabalhistas.

"Nós trabalhamos e queremos receber. Estamos irredutíveis. Se não pagarem, não iremos voltar ao trabalho", garantiu. "Após a rescisão contratual acertada, o motorista que quiser, pode continuar com a Prefeitura nos próximos 90 dias", disse.

LIMINAR

Ainda segundo Anderson, há uma liminar que deve chegar a Suzantur ainda nesta terça-feira, que obriga os motoristas a voltarem imediatamente ao trabalho por 72 horas. Entretanto, o motorista informou que teme represálias por parte dos usuários.

"Seria necessário segurança para todos nós também. Hoje não temos segurança nenhuma. E não sabemos se iremos voltar ao trabalho nessas circunstâncias", esclareceu.

Segundo Anderson, todos os motoristas estão preocupados com a atual situação do transporte coletivo urbano de São Carlos. "Queremos o melhor para nossa cidade, mas queremos o bem estar de nossas famílias, pois somos trabalhadores e dependemos de salários", afirmou.

PROTESTO

Dezenas de motoristas estiveram na frente da Prefeitura Municipal na tarde desta terça-feira, 23, protestando contra Airton Garcia (PSB). Segundo eles, o prefeito municipal, em um programa de rádio, teria ofendido os trabalhadores.

PNEUS MURCHOS

Após o conhecimento por parte dos motoristas que a Prefeitura Municipal interveio na Suzantur, os ônibus foram recolhidos em forma de protesto.

Durante a tarde, todos os coletivos estavam na garagem e maioria tiveram os pneus dianteiros esvaziados. Os motoristas garantiram que, independente do que aconteça neste dia, os carros não irão circular em São Carlos.

Dois ônibus foram colocados em frente ao portão principal, para que não permitam a saída dos demais coletivos. Ambos com os pneus murchos. Os dianteiros.

REUNIÃO

Acontece neste momento na garagem da Suzantur uma reunião onde a Prefeitura Municipal toma posse, através de intervenção, da Suzantur.

O procurador geral do município, Ademir Souza e Silva, bem como outros integrantes da Prefeitura, além do advogado do Sindicato dos Empregados de Transportes Rodoviários Urbanos e Fretamento Intermunicipal e Suburbano de São Carlos, Amador Peres Bandeira e representantes da empresa discutem a transição.

Não há hora para encerrar o encontro. Deverá ocorrer ainda a proposta dos trabalhadores para que eles retornem ao trabalho.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias