Menu
terça, 18 de maio de 2021
Cidade

Irmãos que participaram do latrocínio de Cidinha Ratti são condenados a 20 anos de prisão

11 Dez 2012 - 11h03
0 - 0 -

Os irmãos Jeferson Turcarelli (Jé) e Igor Eduardo Turcarelli (Dú) foram condenados pela Justiça de São Carlos a 20 anos de reclusão pelo crime de tentativa de roubo a residência da família Ratti, que resultou na morte de Aparecida Conceição Ratti. Eles foram presos pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG), no dia 22 de junho, no bairro Cidade Aracy.

Crime ocorreu no domingo, 11 de março de 2012, no Jardim Cruzeiro do Sul. (Fotos: SCA)O crime ocorreu no dia 11 de março, no Jardim Cruzeiro do Sul. Durante uma tentativa de assalto, os assaltantes atiraram contra três pessoas, vitimando fatalmente Aparecida.

De acordo com a sentença emitida pelo juiz André Luís de Macedo da 3º Vara Criminal, no último dia 30, Jeferson e Igor admitiram ter estado no local do crime, com intuito de subtração patrimonial (objetivavam os valores do cofre da vítima), e para tanto tinham à disposição duas armas de fogo, então empunhadas por Igor e Erivaldo. (Erivaldo José da Silva, vulgo Galego, foi morto durante confronto com a polícia no dia 8 de junho no Jardim Gonzaga).

Os réus Jeferson e Igor, que haviam sido denunciados no art.157, §3º, foram condenados a 20 de reclusão, a serem cumpridos inicialmente em regime fechado e 10 dias/multa.

Gilvan, acusado de envolvimento no crime por emprestar seu veículo para a pratica de crime, foi absolvido por não existir prova suficiente para a condenação.

Código Penal

Art. 157 - Subtrair coisa móvel alheia, para si ou para outrem, mediante grave ameaça ou violência a pessoa, ou depois de havê-la, por qualquer meio, reduzido à impossibilidade de resistência:

§ 3º - Se da violência resulta lesão corporal grave, a pena é de reclusão, de 7 (sete) a 15 (quinze) anos, além da multa; se resulta morte, a reclusão é de 20 (vinte) a 30 (trinta) anos, sem prejuízo da multa.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias