Menu
sábado, 31 de julho de 2021
Cidade

Iguatemi terá posto de vacinação neste sábado

10 Ago 2011 - 14h37
0 - 0 -

No próximo sábado, dia 13 de agosto, acontecerá à segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra a Paralisia Infantil. Devem se vacinar todas as crianças menores de cinco anos de idade.

A vacinação é uma das medidas mais importantes para prevenir algumas doenças. A vacina protege o corpo de alguns vírus e bactérias que provocam doenças graves, que afetam seriamente a saúde e podem até levar à morte.

Ela não apenas protege aqueles que recebem a vacina, mas também ajudam à comunidade como um todo. Quanto mais pessoas de uma comunidade ficarem protegidas, menor é a chance de qualquer uma delas - vacinada ou não - ficar doente. Além disso, algumas doenças preveníveis por vacina podem ser erradicadas, ou seja, não existir mais a doença em nenhum lugar do mundo. O protagonista da campanha será o famoso Zé Gotinha, que após um período como coadjuvante das campanhas, voltou à cena nos últimos anos como símbolo da vacinação infantil.

Segundo informações do Ministério da Saúde, a meta é imunizar 15 milhões de crianças menores de 5 anos, em mais de 100 mil postos espalhados por todo o país, que funcionarão das 8h às 17h. A vacinação contra a paralisia infantil é fundamental para garantir que o vírus causador da doença não entre novamente no Estado de São Paulo e no país. Causada pelo poliovírus selvagem, a poliomielite é caracterizada por febre, mal-estar, cefaléia e pode causar paralisia.

Em São Carlos, a campanha com a coordenação da Secretaria Municipal de Saúde e Vigilância Epidemiológica, espera atingir o número de quase 14 mil crianças vacinadas na área urbana e rural. Na primeira etapa em junho foi conseguido um índice de 97% e a expectativa é repetir essa meta alcançada. São 34 postos de vacinação à disposição da população. Um dos postos fixos de vacinação estará funcionando na Praça de Eventos do Shopping Iguatemi São Carlos das 10h às 17h, com a orientação dos profissionais da Unimed São Carlos e Secretaria Municipal de Saúde. Estima-se que mais de 350 crianças menores de 5 anos, recebam a dose da vacina contra a paralisia infantil nesta unidade do Shopping.

Vacina segura

São mais de 25 anos de campanhas no Brasil contra a paralisia infantil. Os últimos casos da doença foram verificados nos estados da Paraíba e Rio Grande do Norte, em 1989. A vacina contra a pólio é segura e os efeitos colaterais são raros. De acordo com o Ministério da Saúde, para proteger o país contra a doença é necessário a manutenção de coberturas vacinais adequadas em pelo menos 80% dos municípios, além de atingirem, no mínimo, 95% das crianças evitando assim a formação de bolsões de pessoas vulneráveis ao vírus em algumas áreas geográficas.     

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias