Menu
domingo, 13 de junho de 2021
Cidade

ICMC recepciona alunos estrangeiros de intercâmbio

04 Mar 2015 - 09h28
Alunos, professores e funcionários do ICMC durante a recepção que aconteceu no auditório Luiz Antonio Favaro - Alunos, professores e funcionários do ICMC durante a recepção que aconteceu no auditório Luiz Antonio Favaro -

Alunos do México, Peru, Alemanha e Egito receberam as boas-vindas no Instituto, onde ficarão de seis meses a um ano e cursarão disciplinas de diversos cursos

Uma cultura totalmente diferente. Mas se depender dos ingressantes de intercâmbio do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, os novos costumes servirão de motivação durante os próximos meses de estudo. “Eu acho que é uma oportunidade enorme para aprender a cultura brasileira e o idioma. É uma escola muito boa. Vou aproveitar todas as oportunidades que surgirem para mim”, disse o estudante Sánchez Dorian, que veio do Instituto Politécnico Nacional, do México, por meio de convênio com a USP e ficará por seis meses no Brasil.

Os recém-chegados foram recepcionados na última sexta-feira, 27 de fevereiro, por professores do ICMC, que apresentaram a estrutura do Instituto e tiveram o primeiro contato com os estudantes. Entre os presentes, estiveram o presidente da Comissão de Relações Internacionais (CRInt), José Carlos Maldonado, o vice-presidente da Comissão, Seiji Isotani, e os professores Fernando Osório e João Batista Neto.

A importância da migração para outro país, a fim de estudar, foi ressaltada pelo presidente da CRint: "A mobilidade nacional e internacional propicia uma ampliação da cosmovisão. Essa interação é importante para a formação técnica, pois o aluno consegue entender outras necessidades, outros contextos. A interação de pessoas e culturas forma um cenário fantástico para que esse avanço aconteça de maneira mais efetiva e produtiva”.

Maldonado disse ainda que os alunos levarão com eles uma ampla bagagem educacional e uma vasta experiência. “O ICMC garante um cenário de aprendizado muito positivo, até mesmo pelo local onde está situado, em São Carlos, a cidade com maior concentração de doutores por habitante no país. O campus daqui é muito produtivo, um centro de excelência. Os alunos certamente vão saber aproveitar”, completou o presidente da CRInt.

O professor João Batista Neto também incentivou os estudantes e garantiu que, durante o período de estudos, eles terão uma boa estada na cidade: “É uma honra recebê-los aqui. Espero que, durante o tempo em que estiverem no município, aproveitem bastante, aprendam a nova língua e estudem muito. São Carlos é um bom lugar para se viver, vocês estão em boas mãos”.

O estudante Benedikt Kottler, que veio do Instituto de Tecnologia Karlsruher, da Alemanha, já sentiu que será bem acolhido. “Está sendo incrível a forma como estão me recebendo aqui, eu quero conhecer muita gente legal, aprender mais sobre a cultura e a falar português, claro", finalizou o aluno que, por meio de convênio com a USP, ficará seis meses no ICMC.

A recepção também teve espaço para a emoção. O estudante Alexis Lescano, que veio da Universidade Nacional de Trujillo, do Peru, reconheceu a qualidade da USP e se sentiu honrado em poder estudar na Universidade: “Estou muito emocionado com a oportunidade de estudar na USP, que é uma das melhores universidades no campo de Ciências da Computação. Estou muito feliz e espero aprender muito, não só com as aulas, mas também com a cultura e os lugares que vou conhecer”, afirmou o aluno que, por meio de convênio com o ICMC, ficará por um ano no Instituto.

Também estiveram na recepção Hakan Demirel, que veio do Instituto de Tecnologia Karlsruher, da Alemanha e ficará por seis meses estudando na USP; Bassam Hanna, da Universidade Britânica no Egito, do Egito, que estará por um ano no ICMC; e Carlos Eduardo Prado, da Universidade Nacional de Trujillo, do Peru, que também estudará por um ano no Instituto. 

Durante o evento, os alunos Mateus Rodrigues, do ICMC, e Marcos Rogério, da Escola de Engenharia de São Carlos, apresentaram o programa de voluntariado USP I-Friends. Eles explicaram que o objetivo da iniciativa é integrar os estudantes estrangeiros à comunidade universitária do campus da USP em São Carlos. A atividade contou com o apoio e participação da funcionária Luana Rufino e do estagiário Lucas Matsukura, ambos da CRInt.

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias