Menu
domingo, 26 de setembro de 2021
Cidade

Guardas municipais realizam novo protesto em São Carlos

Eles cobram da Prefeitura Municipal benefícios estabelecidos por lei.

14 Set 2021 - 16h33Por Redação São Carlos Agora
Guardas municipais realizam novo protesto em São Carlos - Crédito: Maycon Maximino Crédito: Maycon Maximino

Guardas municipais realizaram um novo protesto nesta terça-feira (14), em São Carlos. Desta vez eles utilizaram um caixão para simbolizar o que eles dizem que seria a "morte" da instituição causada pela Prefeitura Municipal. No paço municipal eles foram recebidos pelo secretário municipal de segurança pública, Samir Gardini. E depois seguiram a pé até a câmara municipal onde foram recepcionados por alguns vereadores que apoiam a causa dos agentes. 

Guardas municipais que participaram do protesto disseram que a categoria vem sendo desvalorizada ao longo dos anos. Além de uma possível precarização. Informaram que há anos pedem discussão sobre plano de carreira, mas tal solicitação ainda não saiu do papel.

Outro dado fornecido pelos agentes é que em São Carlos seriam pelo menos 200 GMs trabalhando nas ruas. Porém, a corporação civil trabalha com 130, ocorrendo uma sobrecarga nos servidores, o que não permite a implantação de novos horários de trabalho.

Segundo um guarda municipal ouvido pela reportagem do SCA, a categoria tem hoje uma folga a cada dois meses em uma escala de serviço de 12 por 36 horas.

Por considerar ser um “serviço estressante”, o pedido é que fosse aumentada esta folga em mais uma, além de ser mantido o pagamento da dobra, uma vez que foi deixada de ser pago a hora extra.

De acordo com o GM não foi dada a folga mensal, mantida a bimestral e a secretaria responsável informou que não pode ser paga dobra no feriado uma vez que uma lei nova garante que não é obrigatório. “Porém a mesma lei diz que não é proibido”, explicou.

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias