Menu
terça, 04 de agosto de 2020
Cidade

Guarda recebe denuncias sobre o uso de cerol

17 Jan 2009 - 21h02Por Redação São Carlos Agora
0 - 0 -
A Guarda Municipal de São Carlos atendeu aproximadamente 70 chamados referentes ao uso do cerol nas linhas de pipa em 2008. Os meses de maior incidência foram janeiro e fevereiro, com 13 ocorrências entre apreensões e detenções e julho, com 5 fatos. Esses meses coincidem com o período das férias escolares. As demais ocorrências acontecem de forma isoladas durante os outros meses do ano. Para evitar acidentes como o que ocorreu na quinta-feira (8), quando uma menina de 12 anos foi ferida levemente no pescoço quando andava com bicicleta no bairro Arnon de Melo, a Guarda alerta que disponibiliza um telefone 0800 (ligação gratuita) para atender denúncias sobre o uso do cerol. Das chamadas atendidas, 23 resultaram na apreensão das linhas.

O comandante da Guarda, João Luiz Tozzato, lembrou que existem leis estadual e municipal que amparam a atuação da corporação. A lei municipal foi sancionada pelo ex-prefeito Newton Lima, em outubro de 2006 e prevê multa de R$ 69,65, caso o infrator seja flagrado com o material. A lei estadual é de janeiro de 2006 e foi sancionada pelo ex-governador Geraldo Alckmin. Ela é bem semelhante à lei municipal. Diz em um dos artigos que os pais de menores infratores serão responsabilizados quando houver a apreensão de linhas com cerol e estabelece multas no valor de 5 Ufesps (Unidade Fiscal do Estado de São Paulo), o que equivale a aproximadamente R$ 75.

 “Quando o adolescente é detido com cerol, o guarda o encaminha ao Conselho Tutelar, que toma todas as providências sobre o caso, alertando sobre os perigos que o uso do material podem ocasionar, além de mostrar que existem leis punitivas, que proíbem seu uso”, explicou.

Tozzato pede que a população denuncie a utilização do cerol por meio do telefone: 0800 771 0043. A partir da denúncia, uma viatura é deslocada para averiguar o caso.
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias