Menu
sexta, 25 de setembro de 2020
Cidade

Frota de veículos em São Carlos teve aumento de 30 mil unidades em quatro anos

24 Set 2014 - 10h42
Frota aumentou de forma considerável em São Carlos. - Frota aumentou de forma considerável em São Carlos. -

Em apenas quatro anos a cidade de São Carlos que tem uma população estimada em 238.958 habitantes teve um aumento de 30.662 novos veículos e motocicletas. Se falarmos em frota de veículos, motocicletas, caminhonetes, ônibus e caminhões este número chega a 34.296 unidades rodando diariamente por ruas e avenidas do município. Os dados são do Departamento Nacional de Trânsito que divulgou o número da frota de cada município.

SÃO CARLOS

De acordo com o último levantamento (Junho de 2014), São Carlos conta com 155.250 veículos (automóveis, caminhões, ônibus e motocicletas). No mesmo período de 2010, este número era de 120.454 veículos. Segundo o órgão o número de motocicletas cresceu assustadoramente passando de 22.253 unidades em junho de 2010 para 31.724 unidades no mesmo período de 2014. São cerca de 9.471 motocicletas a mais rodando diariamente por ruas e avenidas do município. O reflexo do aumento nos veículos e motocicletas pode ser visto diariamente pelas ruas da cidade, com trânsito cada vez mais intenso e lento, bem como congestionamentos nas principais ruas da região central, local que concentra grande fluxo de veículos.

ACIDENTES E MORTES NO TRÂNSITO

O crescimento da frota além de estrangular o trânsito também faz aumentar o número de acidentes envolvendo veículos e motocicletas. No primeiro semestre cerca de 17 pessoas perderam a vida no trânsito de São Carlos. Duas delas faleceram em decorrência de homicídio doloso (morte com intenção), outras 145 pessoas sofreram ferimentos generalizados em decorrência dos acidentes de trânsito entre os meses de Janeiro e Junho e precisaram ficar por longo tempo internadas ou afastadas do trabalho. Especialistas dizem que o crescimento da frota em todo país se deve principalmente ao incentivo do governo federal para financiamento da frota de automóveis e motocicletas. Muitos dizem que se o governo continuar incentivando, a frota vai continuar crescendo e a tendência a partir disso é um trânsito cada vez mais intenso, violento e lento em até cidades pequenas.

MOBILIDADE URBANA

Se por um lado o crescimento da frota é considerado bom para o mercado e representa melhoria da economia e do poder aquisitivo do brasileiro, por outro gera uma grande preocupação para especialistas em trânsito, principalmente de entidades ligadas à mobilidade urbana, que incentivam o fomento do transporte coletivo e não motorizado. Segundo eles, a mobilidade urbana precisa, urgentemente, ser pensada de maneira sistêmica, de forma que haja democratização do espaço, como a integração dos serviços existentes e sua expansão, com novos projetos. Somente assim haverá interesse da população em deixar o carro na garagem. Outros dizem que os municípios brasileiros não se programaram e não estão prontos para receber tantas unidades daí o estrangulamento e lentidão no trânsito.  

Os especialistas dizem que a solução seria a mudança na filosofia da mobilidade urbana de cada município, pois cada um tem sua peculiaridade. Muitas cidades do interior paulista e até a capital já estão aplicando ciclovias para contribuir para mobilidade urbana. Outros especialistas dizem que o caminho seria incentivar e melhorar a cada dia o transporte coletivo.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias