Menu
quarta, 08 de dezembro de 2021
Saúde

Exame Nacional de Residência abre edital e HU-UFSCar tem vagas em duas especialidades de Residência Médica

No total, são 3,2 mil vagas e as inscrições devem ser feitas entre 20/10 e 8/11

18 Out 2021 - 12h29Por Redação
São quatro vagas no Programa de Residência Médica do HU-UFSCar - Crédito: CCS-UFSCarSão quatro vagas no Programa de Residência Médica do HU-UFSCar - Crédito: CCS-UFSCar

Entre os dias 20 de outubro e 8 de novembro estarão abertas as inscrições no processo de seleção do Exame Nacional de Residência (Enare), realizado pela Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), vinculada ao Ministério da Educação (MEC). A seleção oferecerá mais de 3,2 mil vagas de residências das áreas médica, multi e uniprofissional em 81 instituições distribuídas em todo o Brasil. No Hospital Universitário da UFSCar (HU-UFSCar/Ebserh/MEC), são quatro vagas em duas especialidades de Residência Médica. As provas acontecerão no dia 12 de dezembro.
O objetivo do Enare, criado em 2020, é otimizar a forma de selecionar os residentes oferecendo benefícios para as instituições e para os candidatos em todo o País. Neste ano, além da realização das provas em todas as capitais, outras 23 cidades, incluindo São Carlos, também sediarão essa etapa da seleção. 

Enare
O sistema de classificação do Enare é muito próximo ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem/SiSU). O candidato sai com a nota alcançada na especialidade escolhida após as provas e a utiliza para indicar onde pretende atuar. O sistema fica aberto por um tempo determinado para que cada candidato registre o local de sua preferência. As melhores notas se sobrepõem às menores, determinando, ao fechar, quem ocupará as vagas. Em seguida, o sistema é aberto novamente para preencher as vagas ociosas e para a formação de cadastro reserva.
As informações completas, os editais e as orientações para inscrição estão disponíveis no site https://enare.ebserh.gov.br. 

Residência Médica no HU-UFSCar
A Residência em Clínica Médica do HU-UFSCar foi planejada para o treinamento em serviço nos três níveis de atenção à saúde, utilizando metodologias ativas de ensino-aprendizagem e norteadas por competências. Ao longo dos dois anos, o médico será inserido no serviço como parte da equipe, responsável direto pelos pacientes sob seu atendimento, sempre acompanhado de preceptoria capacitada. Parte da carga horária semanal é destinada a atividades teóricas, dentre as quais estão previstas sessões clínicas, discussão de artigos científicos, cursos teórico-práticos, simulações e o desenvolvimento de trabalho científico sob orientação de um dos docentes do Programa. O restante do tempo é dedicado a atividades práticas. Os cenários para o desenvolvimento dos residentes são o Hospital Universitário (HU-UFSCar), a Santa Casa de São Carlos e Unidades de Saúde da Família (USFs) de São Carlos. Durante o período, o residente terá autonomia progressiva de acordo com os conhecimentos e habilidades desenvolvidos, sempre com supervisão e avaliação formativa e somativa.
O Programa em Medicina da Família e Comunidade busca formar o profissional médico em consonância com a realidade da população brasileira, levando em conta as suas necessidades de saúde e as doenças de maior prevalência nas diferentes etapas da vida. Nesse sentido, essa especialidade contempla estratégias para ampliar a qualidade e eficiência dos serviços de saúde para o enfrentamento dessas necessidades e problemas de saúde da população de São Carlos e região, além de capacitar todos os profissionais dos serviços de saúde que de alguma maneira contribuem para a formação pós-graduada dos profissionais. Os espaços principais para o desenvolvimento da residência são as USFs, além de atividades previstas no Centro de Atenção Psicossocial.

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias