Menu
domingo, 24 de janeiro de 2021
Cidade

Ex-aluna da UNICEP pesquisa a exploração sexual de menores

26 Ago 2011 - 14h55
0 - 0 -

Prostituição, um tema difícil de lidar. No grande centro ou na cidade do interior, no bairro mais nobre ou na favela, na avenida principal da cidade ou na esquina do bairro mais afastado, em todos os lugares, um assunto polêmico, ainda mais quando se envolvem menores. Esse é o tema tratado por Ana Claudia Figueiredo Rebolho, ex-aluna do curso de História da UNICEP.

Ana Claudia é formada no Magistério (antigo Normal), que cursou na escola "Dr. Álvaro Guião". Pedagoga, formada pela Universidade Federal de São Carlos; Especialista em Psicopedagogia, cursado na UNICEP; Historiadora, formada pela UNICEP; Mestre em Educação, pelo Centro Universitário Moura Lacerda e, atualmente, integrante de um Grupo de Estudos sobre Sexualidade - NUSEX - da UNESP de Araraquara.

"Fiz o mestrado com o objetivo de ampliar meus conhecimentos e pela necessidade indissociável de estar em contato com o ensino e a pesquisa, componentes importantes para a carreira acadêmica e também pelo retorno social que toda pesquisa acarreta", explica Ana.

Em 2009, Ana ingressou no mestrado e o tema de sua tese foi: "Se essa rua fosse minha: concepções de gestores e professores de instituições escolares estaduais que convivem com a exploração sexual de menores", sob a orientação da Prof.ª Dr.ª Silvia A. S. Fernandes.

"O tema 'Exploração Sexual de Menores' vem a ser uma forma de continuidade e aprofundamento de um trabalho monográfico, que foi requisito para a Habilitação em História, concluída no ano de 2007. O tema da monografia foi: 'Nas avenidas da libido. Prostituição em São Carlos: história oral temática de prostitutas são-carlenses', com a orientação do Prof. Dr. Marcos A. Gigante.".

De acordo com Ana Claudia, o interesse inicial pelo tema deu-se por meio da observação da pesquisadora durante o trajeto diário que percorria até chegar à universidade, por uma das principais avenidas da cidade, com diversos pontos de prostituição. Ainda segundo ela: "Nesse trabalho, a questão principal foi analisar os motivos que levam uma mulher a se entregar à prostituição. Foi desenvolvida uma pesquisa bibliográfica, seguida de entrevistas com prostitutas, chegando-se às seguintes conclusões a respeito da questão do trabalho: as mulheres se entregam à prostituição por motivo financeiro; por abusos sexuais sofridos na infância e por opção", esclarece.

Decidiu seguir o mesmo tema durante o mestrado porque, mesmo após a conclusão e aprovação do estudo monográfico, algumas inquietações ainda permaneceram sem respostas e se mostravam cada vez mais presentes. "Quando surgiu a possibilidade do mestrado, o tema renasceu, porém, com outro enfoque, que é a exploração sexual de menores. Um tema atual e repleto de implicações econômicas, sociais, culturais e emocionais".

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias