Menu
segunda, 02 de agosto de 2021
Cidade

Estudantes da UFSCar são premiados em jornadas pela Associação de Universidade Grupo Montevidéu

25 Nov 2011 - 11h45

Sete estudantes de cursos de graduação e pós-graduação da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) foram premiados durante a XIX Jornadas de Jovens Pesquisadores da Associação de Universidades Grupo Montevidéu (AUGM). O evento foi realizado entre os dias 25 e 27 de outubro, na Universidad Nacional del Este, na cidade paraguaia de Ciudad del Este. No total, 30 alunos participaram da atividade e os prêmios referem-se a apresentações orais e de pôsteres, em projetos nas áreas de Psicologia; Letras; Linguística; Ciência, Tecnologia e Sociedade; Fisioterapia; Engenharia Civil e Ciências Sociais.

A aluna do mestrado do Programa de Pós-Graduação em Ciência, Tecnologia e Sociedade, Maria Fernanda de Oliveira, foi premiada com o pôster e a apresentação oral "Traços da bioeconomia no Brasil", orientada pela professora do Departamento de Ciência da Informação Wanda Aparecida Machado Hoffmann. O trabalho trata-se de pesquisa exploratória e descritiva sobre a situação da Biotecnologia no Brasil a partir da coleta de informações disponíveis em fontes como sites institucionais e governamentais, relatórios de pesquisa, teses e dissertações (toda informação livre na Internet e em bibliotecas). O objetivo do trabalho é apresentar a posição do Brasil na bioeconomia, colocando a necessidade do País em utilizar a biotecnologia de forma eficaz, para se destacar nessa área. Como resultado tem-se dados de estruturação legal, científica e mercadológica que permitem dizer que o Brasil passou por uma fase de estruturação e passa por um momento de consolidação da biotecnologia nacional e que já apresenta resultados positivos na balança comercial, possuindo grande potencial para ajudar no desenvolvimento econômico do País.

A doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Josiane Rosa Campos, recebeu prêmio pelo poster "Habilidades sociais de adolescentes com indicadores de depressão: considerando fator de gênero", orientada pelo professor Almir del Prette, do Departamento de Psicologia. Uma das propostas da pesquisa foi avaliar as habilidades sociais de adolescentes com indicadores de depressão, considerando fator de gênero. Foram analisadas 75 meninas e 28 meninos com indicadores de depressão. O que chamou a atenção dos dados, no caso das meninas, é o relato de baixa frequência de comportamentos de autocontrole, empatia e assertividade, o que sugere um padrão considerado agressivo nas interações sociais. No caso dos meninos, o relato foi de apresentar alta frequência de comportamentos de autocontrole e baixa frequência de desenvoltura social, o que sugere um padrão retraído, quieto nas interações sociais.

Carla Maluf Tomazella, aluna de mestrado do Programa de Pós-Graduação em Linguística, foi premiada pela apresentação oral "Interação em ambiente virtual: influência dos andaimes na construção de conhecimento em língua espanhola", orientada pela professora Isadora Valencise Gregolin, do Departamento de Metodologia de Ensino. A pesquisa investiga a potencialidade do uso do fórum online em cursos de língua espanhola como língua estrangeira. Os resultados inicialmente alcançados apontam para tendências ao uso de estratégias de apoio mútuo entre os alunos, o que evidencia o papel fundamental desempenhado pelos fóruns online como espaço de interação e socialização, capaz de propiciar desenvolvimento dos aprendizes na construção colaborativa de conhecimento em língua estrangeira.

Também em apresentação oral, a aluna do curso de Fisioterapia, Anna Claudia Sentanin, foi premiada com o trabalho "Avaliação do mobiliário escolar e sua relação com as posturas da coluna cervical e membros superiores de estudantes do Ensino Fundamental", com orientação da professora Tatiana de Oliveira Sato, do Departamento de Fisioterapia. O trabalho observou que os estudantes permanecem longos períodos sentados, podendo sofrer efeitos negativos do mobiliário mal ajustado e altas prevalências de dor são relatadas nesses indivíduos. Em uma escola do município de São Carlos, foram avaliados o ajuste do mobiliário e a postura da coluna cervical/ombros adotada por 19 estudantes de ambos os sexos, com idade entre 11-15 anos, cursando a quinta série do Ensino Fundamental. A altura da cadeira estava inadequada em 74% dos casos; o comprimento do assento em 28%, e a altura da mesa em 89% dos casos.

O estudante de mestrado do Programa de Pós-Graduação em Construção Civil, Fernando do Couto Rosa Almeida, foi premiado com a apresentação oral "Estudo do potencial de aplicação da cinza do bagaço da cana-de-açúcar em concretos", orientado pelo docente Almir Salles, do Departamento de Engenharia Civil. A cultura da cana-de-açúcar é uma das principais atividades agrícolas do Brasil, com destaque para o Estado de São Paulo. Um dos principais resíduos gerados no processo industrial do setor sucroalcooleiro é a cinza do bagaço da cana-de-açúcar (CBC), derivada da queima do bagaço nas caldeiras para a produção de energia elétrica. Esse material é geralmente descartado nas lavouras de cana-de-açúcar como adubo, mesmo sendo pobre em nutrientes. Este trabalho vem apresentar um estudo do potencial de aplicação da CBC em concretos, como alternativa sustentável para o destino desse resíduo e o desenvolvimento tecnológico regional.

Larissa Aparecida Camargo do Nascimento, aluna do curso de Ciências Sociais, foi premiada com a apresentação oral "Relações desiguais no trabalho: um estudo a partir do Projovem Trabalhador no município de São Carlos". O Projovem Trabalhador é uma política nacional, implementada recentemente na cidade de São Carlos, que visa incluir jovens no mercado de trabalho por meio da oferta de cursos de qualificação social e profissional. O presente estudo, desenvolvido durante estágio na Prefeitura Municipal de São Carlos, traçou o perfil dos jovens atendidos por esta política pública, a fim de identificar a juventude que está em situação de desemprego no contexto do Município. 

E Amanda Castilho Azzali, estudante do curso de Licenciatura Plena em Letras - Português e Espanhol -, recebeu o prêmio por sua apresentação oral "Paraguai: desvendando contextos bilingues", orientada pela professora Fernanda dos Santos Castelano Rodrigues, do Departamento de Letras. Este trabalho busca compreender como se dá, na prática e na convivência entre os falantes, o uso das línguas oficiais do Mercosul no Paraguai, com especial atenção à relação entre as duas línguas oficiais desse Estado, o Espanhol e o Guarani e o Português em regiões de fronteira com o Brasil.

Criada em 1991, a AUGM configura-se como uma rede de  universidades  públicas da região Sul da América Latina que trabalha pela  integração e  cooperação regional educativa, em defesa da educação  pública superior  considerada como direito humano universal e bem público  social.

Mais informações podem ser acessadas em www.grupomontevideo.edu.uy.

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias