Menu
quarta, 21 de abril de 2021
Cidade

Empresário se veste de Papai Noel para manter viva a magia do Natal

Todo ano, com direito a roupa vermelha, gorro e muitas balas, visita a Apae, escolas e até residências

12 Dez 2017 - 08h34
Foto: Divulgação - Foto: Divulgação -

Nada como uma criança ver o bom velhinho na época natalina, resgatar e manter viva a magia do Natal. A crença em Papai Noel à muitos pequenos em São Carlos, deve-se ao empresário no ramo de móveis, Evandro Luiz, de 44 anos.

Em dezembro, ele abre seu guarda-roupas, dá aquela lavada em sua principal peça de vestuário do mês, uma roupa vermelha. Lustra a bota para ficar nos trinques. Barba, cabelo e bigode brancos. Sem esquecer é claro, do gorro. Um toque especial é o saco com balas e guloseimas.

Com o aparato completo, Evandro, ou melhor, o Papai Noel, sai em busca de suas crianças para levar a magia do Natal e fazer com que o Espírito Natalino se renove a cada ano.

O São Carlos Agora teve acesso ao trabalho realizado pelo empresário que, na quinta-feira, 7, visitou a Apae São Carlos onde levou alegria e balas para os alunos.

Na sexta-feira, 8, foi a vez do Cemei Aracy Leite Pereira Lopes, no Jardim Lutfalla, região da USP São Carlos, que tem como diretora Mara Dovigo, onde 140 crianças abraçaram e beijaram o bom velhinho. Na oportunidade, distribuiu presentes ofertados pela direção da escola. "Todos os anos, em dezembro, organizamos a festa de Natal e encerramento do ano letivo, virou tradição em nossa escola", disse a diretora.

"A emoção é muito grande. Fazer com que as crianças acreditem no Papai Noel e transmitir a magia do Natal. Não podemos perder essa essência e sim, deixar sempre vivo essa emoção que só o Espírito de Natal transmite", disse Evandro.

Segundo o Papai Noel, na Cemei recebeu muitas cartinhas de crianças onde havia vários pedidos. "É um momento diferente na vida de cada um".

Na Apae, Evandro definiu os alunos como anjos. "Não tem preço ver a alegria, o brilho nos olhos daquelas crianças. O Natal tem um significado na vida e no coração de cada um. É com muita emoção que pude resgatar a magia do Natal em cada um deles", afirmou, salientando que o todo o trabalho que realiza, é voluntário. "Há alguns anos visito a Apae nesta época do ano. Vou em cada sala de aula acompanhado de um professor e abraço todos os alunos. É muita emoção", destacou.

EM RESIDÊNCIAS

Evandro lembrou que começou a se vestir de Papai Noel na própria família. Pegou gosto pelo gesto e passou a visitar vizinhos. "Depois amigos, comecei ir na Apae e em escolas. No dia 24 visito residências quando sou solicitado. Mas tudo como voluntário. Papai Noel faz isso de coração", garantiu. "Mas há famílias que me dão dinheiro. Pego o que arrecado, compro alimentos e levo para crianças carentes", garantiu. "Faço isso por amor ao Natal", resumiu.

Indagado se visitaria muitas residências na véspera de Natal, dia 24 de dezembro, para levar o carinho do Papai Noel para crianças que não conhecia, Evandro foi taxativo.

"Vou com carinho. O brilho no olhar de uma criança não tem preço. A pureza, a ingenuidade tem que ser mantida", garantiu.

CONTATO PAPAI NOEL

Famílias que desejam a presença do bom velhinho, é só entrar em contato com 99963-5335 (Larissa). "Irei com todo o prazer", finalizou.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias