Menu
quarta, 28 de outubro de 2020
Saúde

Empresa doa instrumentais para a Nefrologia da Santa Casa

28 Set 2020 - 16h00Por Redação
A Nefrologista da Santa Casa, Mariana Cunha Barbosa Saheb; o Cirurgião Vascular da Santa Casa, Raphael Lapezak; o Coordenador de Enfermagem da Nefrologia, Elio Vieira da Silva Júnior; a Coordenadora de Esterilização da Sterileno, Bruna Gabrielle Vicente e - Crédito: DivulgaçãoA Nefrologista da Santa Casa, Mariana Cunha Barbosa Saheb; o Cirurgião Vascular da Santa Casa, Raphael Lapezak; o Coordenador de Enfermagem da Nefrologia, Elio Vieira da Silva Júnior; a Coordenadora de Esterilização da Sterileno, Bruna Gabrielle Vicente e - Crédito: Divulgação

O Serviço de Nefrologia da Santa Casa recebeu a doação de 2 caixas de fístulas arteriovenosa com 42 peças e 2 caixas de microvascular com 5 peças da empresa Sterileno Central de Esterilização. Durante a hemodiálise, é necessário criar um acesso vascular em alguns pacientes que têm insuficiência renal e a fístula – que é um procedimento feito para unir a veia e uma artéria - produz essa passagem para levar o sangue direto ao aparelho de hemodiálise. Devido à falta de instrumentos, os procedimentos estavam sendo feitos com o auxílio de um cateter (tubo), que é colocado em uma veia do pescoço, tórax ou virilha. Já com a confecção da fístula, o procedimento não apresenta tantos riscos e se torna mais eficiente.   

O Serviço de Nefrologia atende, em média, 2.660 pacientes mensais. Hoje, são confeccionadas 20 fístulas por mês no hospital.

De acordo com Coordenador de Enfermagem responsável pelo Serviço de Nefrologia, Elio Vieira da Silva Júnior, o procedimento com a fístula é muito mais eficiente. “Comparado com as outras opções, o procedimento com a fístula diminui o risco de infecção, a qualidade da diálise é melhor e aumenta a sobrevida do paciente. É o acesso ideal para o paciente realizar a hemodiálise. Agradecemos por essa doação que tanto vai contribuir no tratamento dos pacientes”, comenta o Coordenador.

“Estávamos usando um material que substituía fístula, mas que não era o ideal para pacientes que fazem hemodiálise. Precisávamos de mais instrumentais e a Sterileno propôs a doação. Com a chegada desses instrumentais, não será mais necessário esperar para iniciar um procedimento por conta da higienização e esterilização dos materiais. Com isso, mesmo em um momento de pandemia, vamos conseguir aumentar o número de cirurgias e proporcionar uma qualidade melhor no tratamento aos pacientes”, conta o Cirurgião Vascular da Santa Casa, Raphael Lapezak. 

A Sterileno já é uma parceira da Santa Casa e realiza todo o trabalho de esterilização dos produtos para a saúde do hospital: “A doação é para ajudar na alta demanda que a Nefrologia tem de cirurgias. Todos os instrumentais estão devidamente identificados e com QR Code para garantir o processo de rastreabilidade e evitar a perda dos instrumentos”, explica a Coordenadora de Esterilização da Sterileno, Bruna Gabrielle Vicente.

Também estiveram presentes na entrega dos instrumentais a Nefrologista da Santa Casa, Mariana Cunha Barbosa Saheb e a Encarregada da Sterileno Tatiane de Abreu Gracioli.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias