Menu
segunda, 26 de outubro de 2020
Cidade

Emprego mantém crescimento em São Carlos

Agosto tem saldo positivo de 757 postos de trabalho nas empresas da cidade

16 Set 2009 - 18h33Por Redação São Carlos Agora
O nível de emprego em São Carlos manteve saldo positivo pelo terceiro mês consecutivo neste ano. Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Governo Federal apontam variação positiva de 1,22% em agosto. O saldo no mês foi de 757 empregos com carteira assinada.

O município registra saldo positivo no emprego desde junho, com variação de 0,71% e saldo de 436 postos de trabalho nesse mês. Em julho a variação foi de 0,35%, com saldo de 436 empregos com carteira assinada. O resultado aponta que o emprego voltou a crescer em São Carlos conforme o restante do país. Em agosto, apenas o setor de construção civil registrou variação negativa de 1,25%, com saldo negativo de apenas 10 vagas. O melhor desempenho ficou com o comércio, que registrou variação positiva de 2,29% e saldo de 275 postos de trabalho.

O prefeito Oswaldo Barba comemorou os indicadores do Caged no mês de agosto. Segundo ele, os resultados indicam que a cidade superou a crise e voltou a resgatar os postos de trabalho. “Nosso índice para o repasse do ICMS também cresceu. Tudo isso prova a diversidade da economia da cidade e a capacidade de voltar a crescer. A vida do trabalhador são-carlense vai melhorar ainda mais”, ressaltou.

O Ministério do Trabalho e Emprego anunciou hoje a geração de 242.126 empregos com carteira assinada em agosto em todo o país. Em 2009 já foram criados 680.034 novos empregos. Segundo a assessoria do ministério, o setor da Construção Civil registrou a criação de 39.957 postos de trabalho, recorde para toda a série do Caged e maior taxa de crescimento entre todos os setores (1,96%). Com 85.568 empregos gerados (0,66%), o setor de Serviços obteve o segundo maior saldo da série para o mês, decorrente da expansão de todos os segmentos que integram o setor, com destaque para os Serviços de Comércio e Administração de Imóveis (25.732), Serviços de Alojamentos e Alimentação (21.885) e Serviços de Ensino (19.156).

A Indústria de Transformação foi o segundo setor a gerar mais empregos, com incremento de 66.564 postos de trabalho (0,92%), segundo melhor desempenho da série histórica do Caged para o período e o melhor mês do ano.
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias