Menu
sexta, 24 de setembro de 2021
Cidade

Educação em Prosa de 2011: visa melhorar desempenho dos estudantes

01 Mar 2011 - 14h06

Celso Antunes foi o convidado da primeira edição do Educação em Prosa que aconteceu na última sexta-feira (25) no Teatro do SESC de São Carlos. A edição de 2011 trouxe novidades: as pessoas puderam acompanhar a palestra pela internet através do site do SESC (www.sescsp.org.br) e participar enviando perguntas para o palestrante.

O projeto idealizado pela Secretaria Municipal de Educação da Prefeitura de São Carlos tem por objetivo proporcionar à educadores um momento de reflexão sobre assuntos ligados à educação, formas de aprendizagem e relação educador e aluno. O tema abordado por Celso Antunes foi “Como Ensinar Valores, Estimular Inteligências e Discutir-se Emoções”. Durante a conversa com os educadores, o professor explicou, através de exemplos do cotidiano, ações simples que podem despertar a inteligência cognitiva do aluno. “Dois são os principais pontos da palestra: o primeiro é que há comprovação científica de que o cérebro é ‘estimulável’ em qualquer lugar; é possível estimular no cérebro atributos como a criatividade e atenção. O segundo ponto é que este estímulo pode acontecer em qualquer lugar; o pai, a mãe, a professora pode fazer isto sem sair da rotina realizando pequenas atividades de até 12 minutos que farão uma grande diferença para a criança” esclarece Antunes.

A secretária de Educação, Lourdes Moraes, também estava presente e abriu o encontro destacando que o Educação em Prosa é um momento de descontração e reflexão para os educadores e que a participação de todos –  sendo da rede municipal ou não – e da aplicação do conhecimento dentro da sala de aula com os alunos é fundamental. “O Educação em Prosa é um encontro que visa troca de experiência e reflexão de uma maneira descontraída, também é de grande importância que os professores apliquem dentro da sala de aula o que é conversado aqui, a aplicação prática do conhecimento adquirido nesta oportunidade é outro dos motivos do nosso encontro” destaca.

Participação
O encontro contou com a participação de cerca de 200 pessoas entre pesquisadores e alunos da USP, UFSCar, professores da rede municipal e particular que puderam fazer perguntas por escrito na hora ao Celso Antunes. Quem esteve presente e assinou a lista desta primeira edição do Educação em Prosa e quer receber o certificado da Secretaria da Educação, através da Escola de Governo, deve acompanhar as próximas edições do evento e elaborar um relatório (disponível no Portal da Educação dentro do site da prefeitura) contando um total de 30 horas de atividade.

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias