Menu
segunda, 02 de agosto de 2021
Cidade

É nomeada a Comissão Organizadora do concurso “As Sete Maravilhas de São Carlos”

28 Nov 2011 - 13h33
0 - 0 -

O vereador Roberto Mori Roda (PV) é autor da Lei n° 15.160/10 que autoriza o Poder Executivo a instituir o concurso "As Sete Maravilhas de São Carlos". No dia 24 deste mês de novembro, dando continuidade aos eventos da Semana do Patrimônio, o Prefeito Oswaldo Barba assinou o Decreto n° 594 que nomeia os membros da comissão organizadora do concurso.

As categorias em que deverão estar inseridas as Sete Maravilhas de São Carlos são: Patrimônio Histórico; Patrimônio Cultural; Valor Arquitetônico; Valor Ambiental; e Beleza Natural. Serão selecionadas quinze "Maravilhas" da cidade por meio desta Comissão Julgadora. As maravilhas selecionadas serão colocadas em concurso para votação popular via internet e pelos canais de imprensa da cidade e região que se mostrarem parceiros.

Segundo Robertinho, trata-se de um projeto que visa chamar a atenção, principalmente dos jovens, para as belezas naturais e arquitetônicas do município, despertando-os para o valor cultural, histórico e ambiental da cidade em que vivem, mas que pouco conhecem. "O objetivo é divulgar e valorizar as belezas do município. Temos muito mais do que Sete Maravilhas espalhadas por São Carlos, mas acredito que esta escolha por meio de concurso com voto popular ampliará a discussão em torno de nosso patrimônio histórico-cultural e belezas naturais", afirma o vereador.

Para Robertinho, é importante que se promova a educação por meio de ações de reconhecimento e de valorização do patrimônio, gerando redes de integração para o exercício da cidadania e responsabilidade perante nosso patrimônio, potencializando assim o turismo pela divulgação das belezas da cidade.

Com base nos exemplos das cidades de Curitiba, Paraisópolis, Salvador, Guaratinguetá, Niterói, Paraíba, Brasília, Campos do Jordão, Pernambuco, Rondonópolis, Maringá, Itaúna, Araraquara, Itanhaém, São José do Rio Preto, Piauí, Castelo-ES, Ilha Grande, entre outras, Robertinho considera que a "chance de uma exploração racional e não predatória do patrimônio cultural, natural e arquitetônico do município estará sendo estimulada em toda nossa cidade nesta ação".

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias