Menu
quarta, 22 de setembro de 2021
Cidade

Ditinho propõe criação de Programa de Preparação para a Aposentadoria

06 Abr 2011 - 18h46Por Assessoria Imprensa Câmara Municipal de São Carlos

O vereador Ditinho Matheus (PMDB) apresentou na Câmara Municipal um projeto de lei que autoriza a Prefeitura de São Carlos a fixar diretrizes para implantar no serviço público municipal o “Programa de Preparação para a Aposentadoria”. A finalidade, segundo ele, é criar condições institucionais favoráveis ao planejamento e capacitação dos servidores no período que precede à aposentadoria.

O Programa de Preparação para a Aposentadoria, conforme a proposta do vereador, deverá ter como metodologia encontros de reflexão e planejamento;   sessão de assistência e entrevistas individuais; oficinas, trabalhos em grupos e palestras; comemorações e passeios e avaliação. Serão abordados temas relacionados ao processo de aposentadoria: histórias e memórias; direitos; administração das finanças pessoais; saúde física e mental;  afastamento do trabalho, reconhecimento social e reconstrução das identidades  profissional e pessoal;mudança no convívio familiar, social e relações afetivas; projetos de vida pós-carreira.

A proposta autoriza o Executivo a firmar, se necessário, parcerias com universidades e com o setor privado para ampliar as informações e  recursos para garantia do efetivo sucesso do programa, e também a realização de campanhas de divulgação que estimulem a implantação do Programa de Preparação para Aposentadoria nas empresas privadas.

A aposentadoria representa, sob o ponto de vista psicológico e social, um momento estressante e de muita expectativa na vida do indivíduo, por esse motivo deve ser trabalhada com antecedência para se evitar possíveis frustrações. “O Programa de Preparação para Aposentadoria – PPA, implantado tanto em órgãos públicos como em empresas privadas em várias cidades, protege o cidadão dessas possíveis frustrações, pois é um processo de adaptação para a nova etapa que se inicia em sua vida. Caso não haja essa adaptação, os resultados negativos deste novo período podem ser muito sérios, manifestando-se através de depressão, isolamento, dificuldades de relacionamento com a família e outros problemas”, afirma Ditinho.

Segundo ele, pesquisas apontam as vantagens tanto para as organizações como para os empregados na aplicação do PPA, pois esses programas são excelentes ferramentas gerenciais: “As organizações, ao assumir essa responsabilidade, fazem um duplo investimento. O primeiro, sobre os empregados que estão se aposentando, que se sentem valorizados e mantém um bom desempenho. O segundo, sobre os demais empregados, que observam o cuidado e o respeito que a organização tem pelas pessoas, constatação esta que vem a fortalecer as relações de trabalho”.

Na justificativa do projeto o vereador também observa que o Estatuto do Idoso (Lei nº 10.741 de 1/10/2003), em seu capítulo VI, artigo 28, inciso II, faz referência ao programa dessa natureza, a ser criado e estimulado pelo Poder Público, com a finalidade de preparar o trabalhador para a aposentadoria, utilizando-se de novos projetos sociais, segundo os interesses sociais, além de promover o esclarecimento a respeito dos direitos sociais e de cidadania”.

Comments system Cackle

Leia Também

Últimas Notícias