segunda, 22 de julho de 2024
Cidade

Detran-SP autua 22 motoristas durante Operação Direção Segura Integrada em São Carlos

No total, 1.178 veículos foram fiscalizados na ação promovida com apoio das polícias Militar, Civil e Técnico-Científica, no último final de semana

18 Jun 2024 - 15h05Por Detran
Bafômetro - Crédito: Agência BrasilBafômetro - Crédito: Agência Brasil

Realizada na última sexta-feira (14), em São Carlos, a Operação Direção Segura Integrada (ODSI) registrou 22 recusas de motoristas ao teste do bafômetro. A fiscalização do Detran-SP, que tem o objetivo de reduzir e prevenir os sinistros causados pelo consumo de bebida alcoólica combinado com direção, abordou 1.178 veículos na Avenida São Carlos. A iniciativa contou com o apoio de equipes das polícias Militar, Civil e Técnico-Científica.

Vale lembrar que tanto dirigir sob efeito de álcool - quando o teste do etilômetro aponta o índice de até 0,33 mg de álcool por litro de ar expelido - quanto recusar-se a soprar o bafômetro são consideradas infrações gravíssimas, segundo os artigos 165 e 165-A do Código de Trânsito Brasileiro (CTB). Em ambos os casos, o valor da multa é de R$ 2.934,70 e o condutor responde a processo de suspensão da carteira de habilitação. Se houver reincidência no período de 12 meses, a pena é aplicada em dobro, ou seja, R$ 5.869,40, além da cassação da CNH.

Nos casos de embriaguez ao volante, que ocorrem quando o motorista apresenta índice a partir de 0,34 miligramas de álcool por litro de ar expelido no teste do etilômetro, há configuração de crime de trânsito: se condenado, o motorista, além da multa e suspensão da CNH, cumpre de seis meses a três anos de prisão, conforme prevê a Lei Seca, também conhecida como “tolerância zero”.

 

Leia Também

Últimas Notícias