Menu
quinta, 29 de outubro de 2020
Cidade

Desabafo de um leitor: Balanço político ? A pobreza legislativa

19 Jan 2010 - 13h13Por Redação São Carlos Agora
0 - 0 -
Lá se foi o primeiro ano da atual legislatura. É com muita tristeza que verificamos a pobreza de idéias e projetos do nosso legislativo.

Fazendo uma retrospectiva dos fatos que marcaram esse primeiro ano, notamos que nossos nobres representantes nada produziram em favor dos cidadãos e cidadãs. Apenas se preocuparam com eles mesmos ou causas particulares.

Para corroborar meu raciocínio, segue alguns fatos:
Tem um vereador, que ainda não se achou. Ele não conseguiu ou, pelo menos não conseguia perceber a diferença de uma tribuna de câmara de um carro de som de sindicato. Aliás, ele se auto intitulava como parlamentarista sindicalista ou vice versa, conforme publicado na mídia na época. Porém eu nunca votei neste cargo, tenho votado sim para Presidente, Governador, Prefeito, Senador, Deputado e Vereador, não me lembro de ter votado neste cargo dele. Ele usou a tribuna da câmara, para resolver questões interna do seu sindicato. Será que na cidade só existe cidadão metalúrgico?

Alguns outros se digladiaram pelo TUSCA, será que isso tratara benefícios  diretos à população? Será que não existem problemas mais sérios a serem resolvidos?

Também teve um que apresentou projeto de implantação do marco zero. Pergunto. Será que esse projeto, vai trazer a educação, saúde, segurança etc., mais perto do cidadão? Se isso for verdade me rendo a sua brilhante idéia.

Para fechar o ano com chave de ouro, teve um que apresentou projeto de eleição das sete maravilhas de São Carlos. Se realmente vingar, aqui já vai meu voto – “ O Benvindo dos Pombos”. Que tal? Votei bem?

A minha maior tristeza é que tudo isso, será financiado pelo dinheiro público. Dinheiro esse que poderia ser mais bem aplicado e respeitado pois, o cidadão faz sacrifício para poder manter seus compromissos em dia.

Tudo seria irrelevante se não tivesse conseqüências para a população. Por que sabemos que cabe ao Legislativo, fiscalizar o Executivo coisa que eles não estão nem ai. Sabemos bem que um Legislativo inoperante ou figurativo leva a um Executivo acomodado, inerte, improdutivo e etc.

Pela falta de idéias e projetos do legislativo, de interesse da população fica uma sugestão:
Que tal eles perderem um tempinho, e verem a tarifa do transporte coletivo. Não digo tanto quanto ao valor mas, ao critério de reajuste. Por que quando a tarifa é reajustada, o saldo do cartão não é corrigido pelo mesmo índice? Afinal quando carregamos o saldo, na verdade estamos comprando um serviço antecipado e, portanto um direito adquirido ao numero de viagem vigente na época da recarga. Essa é apenas uma sugestão para eles fazerem algo que, honre os votos e salários recebidos

Um abraço.
Cidadão triste e desiludido.
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias