Menu
quinta, 29 de outubro de 2020
Cidade

Dengue: Prefeitura recolhe 120 toneladas de lixo em 30 mil imóveis

05 Fev 2010 - 09h25Por Redação São Carlos Agora
Vigilância constante, intensificação de ações, agilidade e fortalecimento das equipes de agentes de combate a endemias. Essas são as determinações do prefeito Oswaldo Barba à Secretaria Municipal de Saúde para que São Carlos possa vencer mais um ano a batalha contra o mosquito Aedes aegypit, transmissor da dengue.

São Carlos não registrou nenhum caso autóctone de dengue – até agora são três casos importados da doença de pessoas que viajaram para Sinop (Mato Grosso) e Araçatuba. Mesmo assim, a Prefeitura intensifica o alerta e a prevenção à doença de maneira a impedir que a cidade instale focos de transmissão.

“Chove num dia e faz sol no outro, clima que favorece o surgimento de criadouros da dengue. Não podemos, portanto manter a situação de tranquilidade em relação à dengue. É importante que cada um de nós ajude a Prefeitura no combate ao mosquito, fazendo diariamente uma vistoria em nossas casas e empresas para eliminar água parada”, alerta o secretário municipal de Saúde, Arthur Pereira.

Pereira enfatiza ainda que há uma epidemia da doença ocorrendo em todo o país e as cidades da região têm registrado dezenas de casos novos diariamente.

A população, segundo Pereira, tem contribuído com as equipes que visitam os bairros, atendendo bem os profissionais de saúde, que estão se empenhando no trabalho. “Esses são fatores essenciais para o baixo número de notificações da doença em São Carlos nos últimos oito anos do Mutirão Cidade Limpa”, recorda o secretário.

“Não temos nenhum caso autóctone, é importante lembrar que além do clima favorável essa é uma época em que a cidade vai receber muitos visitantes durante o carnaval e retorno das aulas das universidades, por isso o trabalho de prevenção é fundamental”, orienta Pereira.

Entre as orientações da Secretaria Municipal de Saúde está a observação aos sinais e sintomas de dengue (febre abrupta, dor no corpo e vermelhidão na pele). Caso identificar um desses sintomas é importante buscar  atendimento médico imediato. Nos casos suspeitos o médico comunica a Vigilância Epidemiológica para que possam ser desencadeadas as ações de controle e bloqueio no ambiente ao redor desses casos.

Balanço – A 8ª edição do Mutirão Cidade Limpa já retirou das residências e terrenos da cidade mais de 120 toneladas de material que poderiam se transformar em criadouros do mosquito. Os agentes de combate a endemias já visitaram cerca de 30 mil imóveis da cidade.

 
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias