Menu
segunda, 18 de janeiro de 2021
Cidade

Curso de Promotoras Legais Populares inicia segunda turma

19 Set 2011 - 20h01
0 - 0 -

Nesta segunda-feira (19), às 9h, foi realizada a abertura da segunda edição do Curso de Promotoras Legais Populares, no Auditório do Paço Municipal, em São Carlos.

O curso é oferecido pela Prefeitura, via Divisão de Políticas para as Mulheres da Secretaria Municipal de Cidadania e Assistência Social, em parceria com a Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres do Governo Federal. A segunda edição do curso será composta de 22 encontros de 4 horas de duração, durante os meses de setembro de 2011 e março de 2012. Os encontros acontecerão sempre às quartas-feiras, das 8 às 12h, abordando diferentes temas relacionados à mulher.

A abertura do curso contou com a presença da secretária de Cidadania e Assistência Social, Rose Mendes, a vereadora Laíde Simões e a chefe da Divisão de Políticas para as Mulheres, Raquel Auxiliadora.

De acordo com Rose Mendes, São Carlos é referência por possuir diversos serviços e programas integrados que prestam atendimento às mulheres vítimas de violência, número que ainda é expressivo em todo o país.

A iniciativa da Promotora Legal Popular visa dar orientação, cuidando melhor da mulher em seu cotidiano. O curso é composto de aproximadamente 50 mulheres que terão acesso a conteúdos diversos referentes à mulher, incluindo discussões sobre a violação de direitos, ameaças, violência em geral, etc. "Espero que, cada vez mais, as mulheres se unam, conheçam a legislação, contribuindo para minimizar a violência. E as aulas permitirão isso", opinou a secretária.

O curso está voltado ainda para outras pessoas que se encontram em necessidade e que precisem de apoio para enfrentar dificuldades.

A vereadora Laíde Simões destacou o aumento do interesse por parte das mulheres para conhecer suas condições e lutar melhor por seus direitos. Segundo ela, a figura da mulher em geral tem ganhado expressividade, e destacou o fato de o país ser governado por uma mulher. "Para defender melhor a classe é importante que as mulheres tenham conhecimento de sua legislação e seus direitos", disse a vereadora.

O projeto Promotora Legal Popular existe desde 1992 no Brasil e hoje atinge muitos municípios. Em São Carlos, a primeira edição do curso - formou 42 mulheres, que depois passaram a desenvolver ações educativas em diferentes comunidades.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias