Menu
quinta, 22 de outubro de 2020
Cidade

Crescimento do emprego se consolida em novembro

16 Dez 2009 - 18h34Por Redação São Carlos Agora
O crescimento do emprego em São Carlos se consolidou no mês de novembro com saldo positivo de 447 vagas, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregado (Caged), divulgados pelo Ministério do Trabalho e Emprego. Entre janeiro e novembro, o resultado também é positivo, com saldo de 1.068 vagas.

O melhor desempenho no mês de novembro foi o setor do comércio, com variação de 1,97% e saldo positivo de 250 vagas. O setor agropecuário foi o que apresentou o pior desempenho em novembro, com variação negativa de 0,90% e saldo negativo de 25 vagas. O período de entressafra foi uma das causas da queda, avalia Emerson Domingues, secretário do Trabalho, Emprego e Renda da Prefeitura de São Carlos.

O mês de dezembro deve continuar apresentando crescimento positivo. O Balcão de Empregos da prefeitura, por exemplo, tem oferta de 500 vagas para este mês, das quais 300 ainda não foram preenchidas. Domingues explica que o órgão é um termômetro de como deve continuar a evolução do emprego no último mês do ano. Segundo ele, 12% das vagas oferecidas na cidade passam pelo balcão.

Para janeiro, a tendência é a continuação do crescimento do emprego em São Carlos. “A expectativa é que a indústria volte a contratar em janeiro e ela deve ser a responsável pela retomada do aumento da oferta de vagas”, prevê Domingues. O comércio, porém, deve sofrer uma queda já prevista depois das festividades de final de ano.

O Ministério do Trabalho e Emprego informou que no mês de novembro foram criados 246.695 mil novos empregos no Brasil, recorde histórico para o período, segundo dados do Caged. O número é o dobro do recorde anterior, de novembro de 2007, quando foram abertos 124.554 postos de trabalho formal no país. Ao longo do ano, foram gerados 1.410.302 empregos no país. Cinco dos oito grandes setores de atividade econômica apresentaram saldo recorde, incluindo seis subsetores da indústria de Transformação.

O movimento da empregabilidade contraria o comportamento histórico do mercado de trabalho formal para o mês de novembro, quando se verificam reduções no ritmo de crescimento ou até mesmo queda no nível emprego.
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias