Menu
sexta, 05 de março de 2021
Cidade

Clube da Ciência envolve 26 escolas públicas de São Carlos e região

28 Ago 2016 - 08h10Por Rui Sintra/Assessoria de Imprensa
Momento em que era lançado o Clube da Ciência. Foto: Divulgação - Momento em que era lançado o Clube da Ciência. Foto: Divulgação -

Foi lançado neste mês de agosto, na sede da Diretoria Regional de Ensino, perantecerca de 100 diretores, coordenadores, professores e da equipe de Difusão Científica do Cepof, o Clube da Ciência, o qual envolverá a participação de 26 escolas estaduais de São Carlos e região.

O Programa foi idealizado pelo docente e pesquisador do IFSC/USP, professor Vanderlei Bagnato, coordenador do Cepof, e pela Dirigente Regional de Ensino, Profa. Débora Gonzalez Costa Blanco.

O Cepof - Centro de Pesquisas em Óptica e Fotônica, é um Cepid da Fapesp em apoio com o CNPq, que se encontra alocado no IFSC/USP.

Representantes do CEPOF e da Diretoria Regional de Ensino São Carlos. Foto: DivulgaçãoO Clube da Ciência será constituído por grupos de pesquisas que serão formados nas escolas. O Programa contará com cerca de 300 pessoas, entre alunos, professores e coordenadores, sendo que, para esse objetivo, o Cepof fornecerá 4 kits educacionais interativos para cada escola. Os kits "Aventuras da Ciência", que abrangem as áreas de Física, Química, Biologia, Matemática e Geologia, foram idealizados por professores de universidades públicas renomadas (USP, UFRJ e Unesp), tendo por objetivo auxiliar no ensino prático das escolas de níveis fundamental e médio e despertar no jovem o prazer pela ciência.

O programa terá como coordenadores gerais o professor Vanderlei Bagnato, a Dirigente Regional de Ensino, professora Débora Gonzalez Costa Blanco, os coordenadores de Difusão Científica do Cepof, nomeadamente, a dra. Wilma Barrionuevo e o professor Euclydes Marega, a gerente Geralda Educar, professora Mirian Barbosa e aCoordenadora do Núcleo Pedagógico da Diretoria de Ensino de São Carlos, professora Silvana Belotti.

Na primeira fase do Programa, os professores participarão de uma capacitação com os kits, a ser realizada na USP, seguindo-se, de imediato, a iniciação dos trabalhos nas escolas. Para cada kit será formada uma equipe de 5 alunos. Os alunos serão supervisionados semanalmente por um professor da própria escola, em horário contratado para tal finalidade.

Em fase posterior, os alunos farão um programa televisivo, que será transmitido pela TV do Cepof/USP - Canal 10 da NET. Além disso, serão produzidos DVD's, que serão entregues às escolas. Atividades complementares incluem aulas ao vivo, que serão transmitidas às escolas pela internet, sendo que durante essas aulas os alunos poderão enviar perguntas, queserão respondidas ao vivo.

Serão, ainda, transmitidas 16 aulas demonstrativas, que serão produzidas por pesquisadores da USP. As aulas teóricas serão divididas em quatro diferentes áreas: Física, Biologia, Química e Matemática. O conteúdo será sugerido pela Diretoria de Ensino, de acordo com o conteúdo programático do currículo dos alunos, sendo que os programas deverão auxiliar na ministração das aulas regulares nas escolas.

 

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias