Menu
domingo, 25 de outubro de 2020
Cidade

Cedin aumenta faturamento em 279%

Centro de Desenvolvimento das Indústrias Nascentes foi reativado em 2006, com o apoio da Prefeitura, após ficar 10 anos desativado

10 Jan 2009 - 10h51Por Redação São Carlos Agora
As empresas incubadas no Cedin (Centro de Desenvolvimento das Indústrias Nascentes) faturaram R$ 7,58 milhões em 2008. O resultado representa um aumento de 279% em relação a 2007, quando a incubadora de empresas fechou com faturamento de R$ 2 milhões.

Esses valores são atribuídos ao aumento de empresas – entre incubadas e associadas – que estão no Centro de Pesquisa. Há dois anos eram 12 e 2008 fechou com 32 empresas. “O faturamento individualizado de cada empresa também ajudou para alcançarmos esses resultados”, afirma o gerente executivo do Cedin, Alagui Marques Pereira.

Os números foram apresentados pelo gerente executivo durante visita do secretário de Desenvolvimento Sustentável, Ciência e Tecnologia da Prefeitura de São Carlos, Emerson Leal (pmdb), da diretora de Desenvolvimento Econômico, Ethel Chiari, e do diretor de políticas públicas para o Desenvolvimento de Ciência e Tecnologia, Moacir de Freitas Júnior.

Marco Aurélio Damha e Ricardo Castelo Branco, do Grupo Encalso/Damha, e representantes do Instituto Inova também acompanharam a visita. Antes da visita às empresas incubadas no Cedin, Pereira fez uma exposição dos números obtidos a partir de maio de 2006, quando o Centro foi reativado. Ele lembrou das ações da Prefeitura para a reativação do local, que ficou parado por quase 10 anos. Nos 10 primeiros meses após a reabertura do Cedin houve uma ampliação na captação de projetos de 75% e expressou alguns diferenciais da incubadora de empresas. “Nós fomentamos a inovação e no Cedin não existem empresas do mesmo gênero, ou seja, não há concorrência interna”, assinalou.

“Também fazemos um acompanhamento da empresa durante o período de incubação no Cedin”, completou.

Geração de empregos

Durante a exposição, Pereira afirmou que o Cedin fechou 2008 com 120 empregos entre os diretos e indiretos. No local estão instaladas 32 empresas entre incubadoras e associadas e a expectativa é que o número de empresas permaneça em 2009. “Em média, por ano, quatro empresas vão para o mercado saídas do Cedin e a ocupação do nosso espaço foi de 100% nos últimos três anos”, comemora o gerente executivo.

Emerson Leal parabenizou os responsáveis do Centro pelos resultados obtidos, lembrando dos esforços do ex-prefeito Newton Lima. “A Prefeitura investiu R$ 140 mil na reativação do Cedin e temos plena certeza que o prefeito Oswaldo Barba vai continuar apoiando na formação de novos pesquisadores e na criação de novas empresas”, salientou Leal.

O Cedin foi lançado em 1986, mas ficou parado por 10 anos. Com a intervenção da Prefeitura, do Governo do Estado e da Fiesp (Federação das Indústrias no Estado de São Carlos), o centro foi reativado em maio de 2006. Além da Prefeitura e do governo do Estado, o Instituto Inova e o Sebrae são alguns dos apoiadores da incubadora de empresas. 
comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias