Menu
terça, 18 de fevereiro de 2020
Mais doadores

Cavalgada Solidária trouxe legado para a Rede Feminina de Combate ao Câncer

22 Jan 2020 - 07h04Por Redação
Cavalgada Solidária trouxe legado para a Rede Feminina de Combate ao Câncer - Crédito: Divulgação Crédito: Divulgação

Com uma história prestes a completar 67 anos na luta contra o câncer e fazendo um trabalho referência na assistência com vítimas e familiares de pessoas acometidas pela doença em São Carlos, a Rede Feminina de Combate ao Câncer obteve há três anos um importante aliado.

Após perder um de seus fundadores e locutor do grupo, Jhone Boy, a Comissão Paixão Sertaneja que não possui fins lucrativos, pessoais e políticos atendeu o pedido do amigo falecido e organizou a terceira edição na época para a entidade e ali nasceu uma aliança exemplar.

“O que a Comissão trouxe para nossa Rede é algo impagável. Somos mais reconhecidos e apoiados, mesmo com décadas de luta. Hoje mais pessoas apoiam e ajudam nossa entidade. A Cavalgada Solidária foi a chave para tudo e sentimos orgulho de estarmos juntos. Honestidade e dedicação são nossas maiores qualidades”, afirmou Iraydes Oliveira Leite, presidente da entidade.

Com a aprovação de grande parte da população em seus eventos, a Comissão Paixão Sertaneja também elenca fatos a serem comemorados. “Antes de qualquer número de participantes ou arrecadação, a mobilização, exposição da marca da Rede Feminina de Combate ao Câncer é o que comemoramos. Hoje várias empresas, segmentos e pessoas, muitas anonimamente fazem doações, desde a estrutura ao balanço financeiro, tudo aumentou com esta união e isso. Dinheiro, poder ou status nenhum pode comprar”, finalizou Rykoff Aidar.

comments powered by Disqus

Leia Também

Últimas Notícias